“O Flamengo foi convidado ao título”: jornalista analisa resultados da última rodada do Brasileirão

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

O Campeonato Brasileiro está na reta final e, até o momento, o título segue indefinido. Isso porque, com os últimos jogos, a disputa pelo primeiro lugar ficou cada vez mais acirrada. A 35ª rodada mexeu nas projeções matemáticas, visto que nenhum postulante ao título venceu os seus jogos. O líder Internacional perdeu para o Sport e viu o Flamengo encostar, mesmo após o empate com o Bragantino. Durante o programa na Disney, Celso Unzelte destacou a indefinição da competição.

– É um perde e ganha danado, que talvez fosse mais sentido se tivesses menos gente perdendo e ganhando. Porque se a gente voltar um pouco, essa bagunça acontece porque São Paulo e Flamengo, no momento em que eram os dois maiores postulantes ao título, perderam dois jogos seguidos. Então, é um campeonato que já vai entrar para a história absurdamente no sentido do ‘deixa que eu deixo’. E agora a bola da vez é sempre aquele que não jogou e está de novo com o Flamengo.


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


Vale destacar que Flamengo e Internacional, os dois primeiros colocados no momento, possuem um confronto direto. E há três rodadas do fim, as equipes dependem apenas de si para garantir o título do Brasileirão. Antes do duelo, o Rubro-Negro tem pela frente o Corinthians, no Maracanã, enquanto o Colorado visita o Vasco, em São Januário. No entanto, ainda segundo Celso Unzelte, o Mais Querido foi ‘convidado’ ao título.

– O Flamengo hoje foi convidado ao título. Vai ser curioso se ele for campeão numa competição que jamais ocupou a liderança, apesar de que potencialmente e tecnicamente, o candidato de todos nós era o Flamengo. E para mim, de todas as rateadas, Inter contra o Sport foi a mais feia e imperdoável. Um time que quer ser campeão não pode, por exemplo, sofrer uma expulsão como aquela. E quem fala que o Sport ganhou por uma bola, estará cometendo uma injustiça. E o Inter teve muita chance para ressuscitar no jogo e não o fez.

Em entrevista coletiva nesta quinta (11), Arrascaeta projetou a reta final do Campeonato Brasileiro e destacou que cada jogo é uma final: “A motivação nossa é ganhar do Corinthians, independente do que acontecer com o Internacional. Como eu falei, ainda estamos atrás do Internacional um ponto, então, temos que ter cautela e pensar jogo a jogo.”

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Está correto, o flamengo foi convidado ao título, me lembra aquele brasileirão, que o mengo
    ficou atrás todas as rodadas com exceção da penúltima e última rodada quando finalmente
    assumiu a liderança e foi campeão, continuo acreditando.