Nesta segunda, Sesc RJ Flamengo busca vitória sobre Sesi Bauru para avanças às semifinais da Superliga

FOTO: MARCELO CORTES/FLAMENGO

Depois de altos e baixos na fase classificatória, o Sesc RJ Flamengo conseguiu boa vitória sobre o Sesi Bauru na última sexta (12), fora de casa, em jogo válido pela abertura das quartas de final da Superliga Feminina de Vôlei. Agora, nesta segunda (15), às 19h (horário de Brasília), na Gávea, a equipe comandada por Bernardinho precisa de mais um triunfo para carimbar sua passagem para semifinal da competição. O jogão será exibido pelo SporTV.

Em busca da classificação, o Rubro-Negro sabe que terá de manter os pés no chão e o nível de concentração altíssimo. Afinal, do outro lado tem um time repleto de jogadoras de qualidade e experientes.

– Você não mede forças com alguém que é mais forte que você. Temos que jogar com muita lucidez. Explorando um pouco, talvez, a altura delas. É um pouco como jogar contra os russos, entre aspas. Temos que usar essa lucidez para criar dificuldades e não querer derrubar todas as bolas de qualquer maneira. Isso, sem dúvida alimenta a elas -, disse Bernardinho.

Maior pontuadora do primeiro jogo das quartas de final, Lorenne teve excelente atuação, com 21 pontos, sendo 20 no ataque e um no bloqueio. Apesar do pouco tempo de preparação entre um confronto e outro, a oposta do Mais Querido acredita em mais uma grande partida do Mengo.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


– Foi sem dúvida uma vitória muito boa para o nosso time. Mas precisamos manter os pés no chão. Trabalhamos bastante e estudamos muito o Bauru para conseguirmos fazer mais um grande jogo nesta segunda. Demos um importante passo na quinta, mas não tem nada resolvido. Sabemos da qualidade da equipe delas, dos talentos individuais e não podemos baixar a guarda. Passamos por muita coisa para chegar até aqui e vamos seguir firmes para conseguir avançar na competição. Foram poucos treinos entre os jogos, com a viagem de volta, mas estamos focadas em batalhar novamente por todos os pontos -, afirmou Lorenne.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *