Diego revela desejo de se tornar treinador após encerrar a carreira: “Me atrai bastante a parte tática”

FOTO: DIVULGAÇÃO/FLAMENGO

Com 36 anos, o meia Diego Ribas já caminha para o fim da carreira. Pensando em qual atividade irá desenvolver após, revelou que pensa na possibilidade de se tornar treinador. Em entrevista ao quadro “Resenha de craque”, na Fla TV, sem dar certeza, falou o que lhe atrai na profissão e também das dificuldades.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


É uma possibilidade. Nesse momento, não tenho essa certeza. Comecei muito cedo, estreei com 16 anos no profissional, aos 11 fui morar fora. A carreira de jogador é muito exigente, então quanto no mais alto nível que está, mais exigência você tem, tanto da parte física e mental. Emendar uma carreira de jogador para treinador, sabendo que o treinador tem que estar ainda mais presente, coletiva de imprensa, todos os treinos e viagens. Não só no campo, mas também o extracampo.

Todas essas questões me fazem pensar se eu vou seguir realmente, a necessidade de sentir essa adrenalina. Entendendo que sim, é uma possibilidade, porque é um lado que me atrai bastante, que é a parte tática, da gestão dos jogadores. É o que eu penso em relação a isso —, finalizou Diego.

No Flamengo desde 2016, Diego já atuou 212 vezes com o Manto Sagrado e marcou 40 gols. No Rubro-Negro conquistou o Carioca três vezes, duas vezes o Brasileirão, duas Supercopa do Brasil, uma Libertadores e uma Recopa Sul-Americana. É também o jogador que mais jogou com a camisa 10 do clube na Libertadores.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *