Pego de surpresa, Flamengo acredita em revisão da volta do lockdown em Brasília e segue planejamento

FOTO: DIVULGAÇÃO/CBF

Diante dos dados de ocupação de leitos e de toda gravidade da Covid-19, o desembargador federal, Souza Prudente determinou nesta quinta (08), que o DF retorne imediatamente ao lockdown. Com isso, o local da final da Supercopa do Brasil entre Flamengo e Palmeiras a ser disputada neste domingo (11), em Brasília, fica comprometido. A direção do Mais Querido foi pega de surpresa, mas acredita que a decisão pode ser revista e segue seu planejamento inicial.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


O Fla se baseia na decisão proferida pelo STF (Supremo Tribunal Federal) ainda no início da pandemia, em 2020. O texto diz que União, estados, Distrito Federal e municípios têm competência concorrente na área da saúde pública para realizar ações de prevenção aos impactos do novo coronavírus. O entendimento foi reafirmado pelos ministros da corte em diversos momentos.

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB) por meio da Procuradoria-Geral do DF (PGDF), entrou com um um recurso no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios para a retomada das atividades econômicas e escolares. Academias, parques, shoppings, bares, restaurantes, salões de beleza e clínicas de estética, igrejas e eventos que precisem de licença do Poder Público estão proibidos até que a decisão seja revista. O InfoSaúde divulgou nesta quinta, os dados da disseminação da Covid em Brasília. Os leitos destinados para adultos estão com ocupação de 99,75%, já os pediátricos, 90%.

Os organizadores já enviaram a taça para Brasília e juntos com as equipes, aguardam uma decisão definitiva. Com isso, a partida entre Flamengo e Palmeiras segue marcada para este domingo (11), às 11 horas, no Mané Garrincha. Você pode acompanhar a transmissão mais Rubro-Negra dessa decisão no Coluna do Fla, no Youtube. Rafa Penido comanda a narração.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *