Com gol contra o La Calera, Arão alcança marca histórica na carreira

Por: Ana Beatriz Zayat

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

O Flamengo empatou em 2 a 2 com o Unión La Calera, no Chile, em uma noite não tão inspirada e com falhas defensivas evidentes. Apesar do resultado, ainda com chances de classificação nesta rodada, a partida ficará marcada na trajetória pessoal de Willian Arão. O defensor marcou um dos gols rubro-negros desta terça-feira (11) – o segundo dele nesta temporada da Libertadores. Um recorde em sua carreira.

Willian Arão disputou 30 jogos de Libertadores em toda sua carreira e marcou quatro gols – todos com o Manto Sagrado. No entanto, nunca antes na história, o defensor marcou mais de uma vez pela competição na mesma temporada. O primeiro gol do camisa 5 rubro-negro no torneio ocorreu em abril de 2017, na derrota por 2 a 1 para o Athletico-PR, fora de casa.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Todos os outros três gols de Willian Arão na competição ocorreram sob o comando de Rogério Ceni. O primeiro deles, na eliminação para o Racing, nas oitavas de final de 2020, após o empate em 1 a 1 no tempo regulamentar. Nesta temporada, o defensor balançou as redes na vitória de virada por 3 a 2 sobre o Vélez, na Argentina, e no empate em 2 a 2 com o Unión La Calera, no Chile.

O próximo compromisso do camisa 5 pela Libertadores é contra a LDU, na quarta-feira (19), às 21h (horário de Brasília), no Maracanã. Antes disso, porém, Arão deve ir a campo pela final do Campeonato Carioca, no sábado (15), às 21h15, contra o Fluminense.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ué! Mas se o recorde na carreira do Arão é de gols a favor na temporada (2 gols), porque o
    título da matéria realça o último gol “contra” para dizer que ele atingiu um recorde,
    induzindo a gente pensar ser recorde negativo?