Diego mostra incômodo com gols sofridos, mas avisa: “Muitas coisas boas também estão sendo feitas”

FOTO: ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO

O Flamengo não passou do empate em 2 a 2 com o Unión La Calera, nesta terça-feira (11), pela Libertadores da América. Mesmo atuando fora de casa, o resultado deixou os jogadores com um gostinho amargo, pois os gols sofridos saíram de falhas defensivas. Diego Ribas demonstrou incômodo com os tentos levados nas últimas partidas, mas saiu em defesa da equipe.

Na Libertadores da América, o Flamengo sofreu sete gols em quatro jogos, média de 1,75 por partida disputa. Após o empate com o La Calera, em entrevista coletiva, Diego Ribas ponderou o fato de o Rubro-Negro ser pouco atacado durante os confrontos. Entretanto, o capitão admitiu que a equipe precisa de ajustes, embora também mereça elogios, na visão do atleta.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Eu acredito que a atitude da equipe, a quantidade de vezes que finalizam contra nós não é alta, nós sabemos. Estatisticamente isso mostra claramente, então, tem um mérito da equipe toda defensivamente, mas a verdade é que por algumas desatenções o pouco que as equipes adversárias têm chegado eles têm feito gols. Então isso nós devemos reavaliar, mas obviamente muitas coisas boas também estão sendo feitas e nós temos consciência disso -, disse o meia.

Assim como o restante do elenco, Diego está de folga nesta quarta-feira (12). A reapresentação acontece na tarde desta quinta (13), com foco total na primeira partida da final do Campeonato Carioca, contra o Fluminense. O duelo será disputado no Maracanã, às 21h05 (horário de Brasília) de sábado (15). O segundo e decisivo confronto entre as equipes acontece no dia 22 deste mês (sábado), também no Estádio jornalista Mário Filho.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *