Em coletiva de apresentação, Ceni criticou sistema defensivo do Fla; hoje, tem quebra-cabeças para estancar sangria no setor

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/ FLAMENGO

Por Tulio Rodrigues e Paula Mattos

Quando Rogério Ceni foi anunciado, em sua coletiva de apresentação, no dia 10 de novembro de 2020, falou sobre o sistema defensivo e os erros individuais dos jogadores. Na ocasião, criticou até o número de gols sofridos pelo Fla nos últimos três jogos com Domènec Torrent: dez. Analisou até que isso não era problema de um só atleta, mas do coletivo, porém, mesmo diminuindo o número de gols sofridos ao longo do tempo, ainda não conseguiu ajustar o setor. O problema começa na indefinição dos titulares e a insistência com quem vem rendendo abaixo do esperado e com alta média de gols sofridos, como a dupla Arão e Bruno Viana, com média de ser vazada duas vezes por jogo.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


— Os erros defensivos são frutos de sistema de jogo. Quando você tem um número elevado desse, realmente é difícil. Temos que tentar ajustar com a colaboração de todos. Viemos gerar ideias e colocar situações para os atletas, que terão de resolver em campo. Posso garantir que não é um problema de uma única peça —, disse na ocasião.

MÉDIA DE GOLS SOFRIDOS DAS DUPLAS DE ZAGUEIROS QUE MAIS ATUARAM COM ROGÉRIO CENI:

  1. Willian Arão e Bruno Viana – 8 gols em 4 quatro jogos – Média de 2 gols sofridos por jogo
  2. Léo Pereira e Thuller – 5 gols em 3 jogos – Média de 1,66 gols sofridos por jogo
  3. Rodrigo Caio e Natan – 6 gols em 4 jogos – Média de 1,50 gols sofridos por jogo
  4. Léo Pereira e Gustavo Henrique – 4 gols em 3 jogos – Média de 1,33 gols sofridos por jogo
  5. Rodrigo Caio e Gustavo Henrique – 9 gols em 7 jogos – Média de 1,28 gols sofridos por jogo
  6. Willian Arão e Rodrigo Caio – 4 gols em 4 jogos – Média de 1 gol sofrido por jogo
  7. Bruno Viana e Gustavo Henrique – 1 gol em 1 jogo – Média de 1 gol sofrido por jogo
  8. Willian Arão e Gustavo Henrique – 7 gols em 8 jogos – Média de 0,87 gol sofrido por jogo

Ainda em busca da dupla ideal, Rogério Ceni tem até o próximo sábado (15), para definir a zaga do Flamengo que vai enfrentar o Fluminense, no Maracanã, às 21h05m (horário de Brasília), para a primeira partida da final do Campeonato Carioca. Você pode acompanhar tudo sobre a decisão na transmissão mais Rubro-Negra, no Coluna do Fla, via Youtube, com Rafael Penido no comando da narração.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Time ganhou quase td com ARAO volante aí insistir com isso acho q qt menos mudar melhor saiu um ZAQUEIRO e um lateral então tem q treinar com o q tem aí o time gasta com contratação e técnico faz o q acha já deu se fosse um time melhor não iria empatar vejo falta de treino o Bruno Viana e BOM ZAQUEIRO errou feio mais acho q ele é Rodrigo Caio podem dar MT certo com ARAO na proteção o Diego está bem mais não é volante e com o GERSON não marcam bem time já tem jogadores técnicos e fazer o Everton jogar como antes e rodar ele DIEGO VITINHO E Pedro só isso o João Gomes e BOM MAIS MT novo ainda está demorando de soltar a bola coloca o time de para assistir o CITY do Pepe jogando tds dão no máximo 2 tiques na bola tem treinar com.zaqueiros de origem como um mudou o ARAO