Sem Maracanã por conta da Copa América, Flamengo terá que buscar novo mando de campo; veja opções

FOTO: GILVAN DE SOUZA/FLAMENGO

Nesta segunda-feira (31), uma notícia abalou as estruturas do futebol brasileiro. Isso porque, após o cancelamento da Colômbia e Argentina como sedes da Copa América, o governo do Brasil aceitou o convite da Conmebol e será o ‘mandante’ do torneio. Dessa forma, o Flamengo terá problemas em dobro, visto que, além dos desfalques, pode perder o Maracanã para jogos decisivos da temporada. Assim, o Mengo terá de mandar seu compromissos em novo local.

Vale destacar que, além de protocolar um pedido formal para a paralisação do Campeonato Brasileiro, o Flamengo também se preocupa com o Maracanã. Mandante e um dos ‘donos’ da concessão do estádio, o Mais Querido teme pelo gramado, visto que paga custos enormes e não esperava pela alta rotatividade de um torneio internacional. Além disso, como mencionado, pode ter que buscar uma nova casa para duelos chave no período.

CONFIRA OS ESTÁDIOS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO:

São Januário (Vasco)
Estádio Nilton Santos (Botafogo)
Estádio Raulino de Oliveira (Volta Redonda)
Bacaxá (Boavista)
Moça Bonita (Bangu)
Moacyrzão (Macaé)

Apesar da alta quantidade de opções, ela vão ficando cada vez mais escassas conforme se analisa os locais e, principalmente, seus mandantes. Por certo, Botafogo e Vasco poderiam apresentar algum tipo de resistência, que já aconteceu, por conta de rivalidades estaduais. No entanto, sem os estádios maiores, o Flamengo estaria sujeito a vetos da Conmebol, por não atingir a capacidade esperada e, até, ter que jogar em outros estados do Brasil.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Com o clima tenso nos bastidores, elenco e comissão técnica ganham folga, visto que o Rubro-Negro terá dez dias de recesso pela Data FIFA. Assim, o Flamengo só volta a campo no dia 10 de junho, às 21h30 (horário de Brasília), em Curitiba. Isso porque, na ocasião, o Rubro-Negro enfrentará o Coritiba, em jogo de ida atrasado da terceira rodada da Copa do Brasil.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *