Com semana livre, Flamengo tem tempo para aprimorar defesa e manter sequência sem sofrer gols

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

No último domingo (30), o Flamengo bateu o Palmeiras por 1 a 0 e estreou com o pé direito no Brasileirão. Com bom jogo coletivo, especialmente no segundo tempo, o Mais Querido construiu o placar com gol de Pedro. Além do triunfo em si, o Mengo celebrou uma marca importante: dois jogos sem sofrer gol. Dessa forma, o técnico Rogério Ceni terá a semana livre para treinar, aprimorar a defesa e manter a boa sequência do sistema defensivo.

Vale destacar que, no momento, o Flamengo teve apenas sete jogos em que não sofreu gol nesta temporada. No entanto, os últimos dois compromissos foram um alívio visto que, como mencionado, conseguiram manter a meta intacta. Apesar da boa sequência coletiva, isso se dá por conta de dois retornos importantes ao time titular: Diego Alves e Rodrigo Caio. A dupla, que estava entregue ao departamento médico, retornou em boa fase ao Mais Querido.

CONFIRA ESTATÍSTICAS DEFENSIVAS DO FLAMENGO EM 2021:

23 jogos
24 gols sofridos
1,05 de média por jogo
7 jogos sem sofrer gol

Mesmo com a boa fase, o Flamengo pode ter problemas em um futuro não tão distante. Isso porque, com a Copa América confirmada no Brasil, as competições nacionais não pararão e o Rubro-Negro pode ter diversos desfalques. Entre eles, o zagueiro Rodrigo Caio, que é um dos pilares do sistema defensivo do Mais Querido. Assim, caso perca o camisa 3, Ceni terá que montar novo esquema com as três opções que restam: Gustavo Henrique, Bruno Viana e Léo Pereira.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


A fim de melhorar o sistema defensivo, o Mais Querido mantém o plano de preparação visando o próximo compromisso da temporada. Por certo, o Flamengo enfrenta o Coritiba nesta quinta-feira (10), às 21h30 (horário de Brasília), no Couto Pereira. A partida contará com exibição do Premiere FC, mas o Coluna do Fla traz a transmissão mais rubro-negra da internet, no YouTube.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *