Em reencontro após cinco anos, Gabigol tem chance de marcar pela primeira vez diante do Equador

FOTO: LUCAS FIGUEIREDO / CBF

Cinco anos após a última oportunidade entre os titulares da Seleção, Gabigol deve retornar aos 11 iniciais na noite desta sexta-feira (04). A partida marca o reencontro do atacante rubro-negro com o Equador e é, também, a oportunidade de triunfar pela primeira vez diante do adversário.

A primeira vez que Gabigol enfrentou o Equador foi no empate em 0 a 0 pela Copa América de 2016, no dia 04 de junho. Na ocasião, o camisa 9 da Gávea atuou por cerca de 30 minutos apenas. De lá para cá, o atacante completou cinco partidas oficiais pela Seleção Brasileira principal, esteve em campo por 199 minutos, marcou dois gols e participou de duas vitórias, dois empates e apenas uma derrota.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


São cinco anos entre a última oportunidade como titular e a noite desta sexta-feira (04). Neste período, Gabigol fez parte da inédita campanha da medalha de ouro olímpica, marcando nove gols em 12 partidas pela Seleção Sub-23. Entre clubes, foi campeão da Copa Libertadores, conquistou dois Campeonatos Brasileiros, três Cariocas, uma Recopa Sul-Americana e duas Supercopas do Brasil – todas pelo Flamengo.

Opção no lugar de Roberto Firmino, titular na maioria das vezes com Tite, o camisa 9 da Gávea vive o melhor início de temporada de sua carreira: são 15 gols em 14 partidas pelo Mais Querido. Em 2020, marcou 27 tentos em 43 jogos – sofreu a lesão mais grave de sua carreira à época e foi desfalque em duelos decisivos. No primeiro ano de Flamengo, esteve presente em 59 confrontos e balançou as redes em 43 oportunidades.

Brasil e Equador se enfrentam nesta sexta-feira (04), às 21h30 (horário de Brasília), no Estádio Beira-Rio, Porto Alegre. A partida é válida pela sétima rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo 2022. Além de Gabigol, Rodrigo Caio e Éverton Ribeiro fazem parte das opções de Tite. O camisa 7 da Gávea, contudo, se recupera de dores na coxa e deve ser poupado.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *