Ensaiando retorno, Thiago Maia volta a treinar integralmente com o grupo

IMAGEM: REPRODUÇÃO/FLA TV

Após se lesionar em novembro de 2020, Thiago Maia precisou passar por cirurgia no joelho esquerdo. A partir de então, o atleta entrou num longo processo de recuperação e agora o seu retorno aos gramados está próximo. Em vídeo divulgado pela Fla TV, canal oficial do Flamengo no Youtube, é possível ver o jogador participando normalmente das atividades. O volante voltou a treinar integralmente com o grupo.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Thiago é visto como um possível substituto de Gerson, que em julho se transfere para o Olympique de Marseille, da França. Em pesquisa realizada pelo Coluna do Fla, o volante teve ampla vantagem entre seus concorrentes e foi eleito para o lugar do Coringa. A pesquisa contava com quatro opções: João Gomes (25,70%), Piris da Motta (3,62%) e Hugo Moura (1,85%), além do próprio Maia – que liderou com 68,82%.

Em entrevista recente, o coordenador de fisioterapia, Márcio Puglia, que acompanha o processo de recuperação do atleta, destrinchou todo o trabalho que vem sendo feito para o seu retorno. Ele explicou também como foi o processo pós-operatório, o ganho muscular e a fase de reabilitação.

— O pós-operatório dele foi muito bom, e isso facilitou no processo de reabilitação, porque não precisamos gastar tanto tempo em determinadas etapas. Ele evoluiu acima da média no ganho de massa muscular. Ele sempre esteve acima do padrão. É importante ter todos esses critérios de alta, todo esse passo a passo. Parece muito tempo, mas na verdade é um tempo bem acima da expectativa. o Thiago vem tendo resultados muito além do esperado, por toda a dedicação dele, porque também não é um processo fácil. É difícil lidar com isso. É uma construção feita ao longo dos meses..

— O que vai ser feito de forma gradativa é um incremento de carga semana a semana, para que ele possa chegar perto de atletas jogando e possa retornar ao jogo. Mesmo assim ele ainda se encontra em uma fase de reabilitação. O retorno ao jogo é uma das etapas, mas ainda tem que controlar a carga. Talvez ele possa voltar, não para jogar 90 minutos. O retorno ao desempenho é mais à frente. O atleta volta, mas vai precisar de mais um tempo para realmente retornar ao nível de desempenho que ele já teve na carreira dele. Normalmente leva de dois a três meses. É o que prevê a literatura científica –, finalizou Puglia.

Sem poder contar ainda com o retorno de Thiago Maia, Rogério Ceni segue fazendo a preparação da equipe para voltar a campo na próxima quinta, pela terceira fase da Copa do Brasil, contra o Coritiba, no Couto Pereira, às 19h (horário de Brasília). Você pode acompanhar o duelo na transmissão mais Rubro-Negra da internet, no Coluna do Fla, via Youtube, com narração de Rafael Penido.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Gente NÃO vamos complicar e inflacionar RENATO AUGUSTO é cria do ninho. Conhece o que é a NAÇÃO e o clube.

  • Não volta antes do final de Julho o que é uma pena. E ainda assim vai levar mais algum tempo pra perder o medo e pegar ritmo.