Imbatível: Marquinhos e Olivinha se tornam maior dupla da história do NBB

FOTO: FOTOJUMP/NBB

O basquete do Flamengo encerrou a temporada 2020-2021 da mesma forma que começou: conquistando título. Desta vez, do Novo Basquete Brasil (NBB). Com o troféu levantado, Marquinhos e Olivinha atingiram o patamar de maior dupla da história da competição.

Juntos, os jogadores têm 2o títulos conquistados em 12 anos dividindo as quadras. Um dos troféus, todavia, foi na época em que ambos defendiam o Pinheiros, clube no qual atuaram por quatro temporadas. Depois, vestindo o Manto Sagrado, a dupla se tornou imbatível.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Até então, Marquinhos e Olivinha conquistaram seis títulos de NBB e se tornaram os maiores campeões de todos os tempos da competição, deixando para trás o ídolo Marcelinho Machado e o armador Gegê, ambos ex-Flamengo.  Além disso, levaram oito Estaduais consecutivos (2012 a 2020), uma Liga das Américas (2014), uma Copa intercontinental (2014), duas Copas Super 8 (2018 e 2021) e a Champions League Américas.

Em entrevista ao site da Liga Nacional de Basquete (LNB), a dupla ressaltou que vive a melhor versão nesses 12 anos atuando junta: “Essa é a nossa melhor versão. Tivemos um amadurecimento muito grande nas 12 temporadas que passamos juntos. Não podemos olhar só os momentos vitoriosos”, disse Marquinhos.

Já Olivinha, além de ter endossado o que disse o parceiro, disse que a experiência ajuda nessas horas: “Essa é a melhor versão da nossa dupla. Acho que, não só nessa temporada, como nos últimos anos, a gente vem fazendo temporadas com conquistas de todos os títulos possíveis. Sem dúvida, a gente está na melhor versão, apesar de estarmos um pouco mais velhos. Mas a nossa experiência ajuda”, destacou.

Sem data para começar a temporada 2021-2022, a expectativa da Nação Rubro-Negra é para saber se Marquinhos e Olivinha seguirão fazendo história juntos no Flamengo. Isso porque, o nome do camisa 11 foi especulado no São Paulo, após o time paulista se tornar vice do NBB.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *