Joia uruguaia de 22 anos é oferecida ao Flamengo

FOTO: DIVULGAÇÃO/PEÑAROL

Ao longo dos últimos anos, o Flamengo tem feito contratações pontuais e com um plano preciso. Isso porque, desde a chegada da gestão Rodolfo Landim, o Mais Querido tem optado por negociações com atletas mais jovens, a fim de obter lucro em futura venda. Dessa forma, o lateral Joaquín Piquerez, de 22 anos, foi oferecido ao Rubro-Negro por intermédio de seus empresários.

Vale destacar que, no momento, o atleta está no Peñarol, clube muito tradicional do futebol uruguaio. Mesmo assim, seus empresários o ofereceram ao Flamengo, visto que o Clube da Gávea tem sido uma excelente vitrine para jovens jogadores. O lateral tem valor de aproximadamente 5 milhões de reais, segundo o portal ‘Transfermarkt’. A informação foi divulgada, inicialmente, pelo Canal Flazoeiro.

Além disso, Joaquín tem a versatilidade ao seu favor, já que também pode atuar no meio-campo. Dessa forma, para uma temporada repleta de desfalques no Mais Querido, o atleta pode ganhar força no elenco e ajudar o Fla a se dar bem em competições futuras. Vale lembrar, também, que o lateral acumula diversas convocações para Seleções de base do Uruguai.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Ao todo, Joaquín Piquerez disputou 46 jogos com a camisa do Peñarol, mas ainda não marcou nenhuma vez. Além disso, o atleta foi formado nas categorias de base do Defensor Sporting, assim como De Arrascaeta, que é ídolo do Mais Querido. Vale lembrar, também, que o uruguaio teve passagem curta pelo River Plate, antes de chegar ao Carbonero, e entrou em campo 21 vezes, com três bolas na rede.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Vende o Renê e empresta o Ramon para pegar maturidade igual o Hugo Moura

  • Não conheço o atleta em questão. Se o Flamengo negociar Renê, pode ser uma boa reposição… Aprecio reforços oriundos das Escolas Colombiana e Uruguaia. SRN

  • Tem que contratar ! Parece ser um bom jogador

  • Há uma geração dos 20 aos 25 anos muito boa, no Uruguai
    Sobre este jogador, só vi vídeo do youtube.
    Parece ser muito bom.
    Dribla bem, chuta muito bem, é arisco e veloz.
    O preço, para clube de futebol, não é elevado.
    A questão é que temos Filipe, Renê e Ramon.