Mapa de calor, gols e estatísticas: veja números de Kenedy, possível reforço do Flamengo

Mesmo com um dos melhores elencos da América do Sul, o Flamengo procura renovar o plantel, adota cautela em meio à pandemia e aguarda por boas oportunidades no mercado. O alvo da vez é o atacante Kenedy, que hoje é atleta do Chelsea, mas sem espaço no time inglês, deu sinal positivo ao Rubro-Negro, que planeja investir no atleta. Em meio a isso, o Coluna do Fla destacou os números do jogador nas últimas temporadas.

Apesar de pertencer ao Chelsea, o jogador não atuou pelo clube inglês nas temporadas (19/20) e (20/21), uma vez que foi emprestado ao Granada e ao Getafe, ambos da Espanha. Durante esse período, Kenedy entrou em campo 68 vezes, sendo 37 como titular. Ao todo, ele acumula dez gols, dez assistências e 42 passes decisivos. Além disso, ele criou 14 grandes chances e precisa de 166 minutos para participar de uma jogada. Os dados estatísticos são do portal SofaScoreSofaScore.

NÚMEROS KENEDY TEMPORADAS 19/20 E 20/21:

Jogos: 68 (37 titular)
Gols: 10
Assistências: 10
Passes decisivos: 42
Chutes: 67 (29 no gol)


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


O atacante tem contrato com o Chelsea até 2024. Contudo, como mencionado, ele não faz parte dos planos do clube inglês e procura novos ares. Dessa forma, o Flamengo surge como um destino real para o atleta, que já avisou ao Rubro-Negro que deseja ouvir uma possível proposta.

Kenedy é nome que encanta boa parte da diretoria, que não irá abrir negociação ‘no escuro‘. O Flamengo espera a abertura de transferência da janela europeia, para saber como se apresentará as situações para o atleta. Caso tenha brecha, os dirigentes rubro-negros irão intensificar as conversas e passar do flerte para um namoro mais sério.

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • A maior parte desses números são da temporada passada pelo Granada. Segundo o transfermarket ele marcou 8 gols e 6 assistências no Granada, e 3 gols e 5 assistências no Getafe, onde teve bem menos tempo em campo. Fez 946 minutos dividido em 27 jogos no Getafe, o que dá em média pouco mais que 35 minutos por jogo. No Granada ele fez 2520 minutos em 44 jogos, que dá uma média de 57 minutos por jogo. No Chelsea ele ainda chegou a ser reserva imediato da ala esquerda na era Antonio Conte. Sendo honesto? Achei melhor que Vitinho, Michael e Pedro Rocha. Um empréstimo com opção de compra não parece negócio ruim. Não perfomou? Pelo menos não gastaram uma grana absurda nele antes, igual fizeram com Vitinho e Michael (16 milhões de euro + salários + comissões pelos dois).

  • O cara não acerta um chute a gol por jogo e encanta a diretoria. Pq? Pq é do Chelsea? Mas nem o Chelsea quer ele… Parem de procurar outros Vitinhos. Já não basta o que temos?