Artilheiro da Série B revela bastidores de saída do Flamengo: “Tem muita coisa que foge da nossa visão”

FOTO: LUCAS GABRIEL CARDOSO/BRUSQUE FC

Ao longo dos últimos anos, o Flamengo se reestruturou financeiramente, a fim de voltar a disputar títulos de expressão. Contudo, no início do processo, o Mais Querido dispensou o atacante Edu, artilheiro e líder do Brusque, sensação da Série B 2021. Sobre os ‘problemas’ com o Rubro-Negro, o atleta falou sobre a trajetória pelo clube em entrevista ao portal ‘ESPN’.

Vale destacar que o atacante chegou a pensar em largar o futebol após ser dispensado pelo Flamengo. Cria do Vasco, Edu chegou a passar por Botafogo, Portuguesa e São Gonçalo, antes de parar no Mais Querido. Já na Gávea, o atleta se sagrou campeão da Copa do Brasil em 2013, mas não chegou a atuar por um minuto sequer na campanha. Após a conquista, o jogador estourou a idade necessária dos juniores e não teve o contrato renovado.

Fui em seguida jogar a Série C do Carioca profissional pelo São Gonçalo Esporte Clube. Depois do Estadual, como eu ainda tinha idade de juniores, fiz um teste no sub-20 do Flamengo que durou uns 40 dias. Fui aprovado e permaneci o resto de 2013 depois do Estadual – disse, antes de completar:

Fiz um ano bom, marquei uns 16 ou 17 gols pelo time no último ano de base. Joguei Copa do Brasil, Taça BH e fui artilheiro da Taça OPG. Mas você sabe como é time grande, tem muita coisa que foge da nossa visão. Até hoje não sei qual foi o motivo pelo qual não fiquei, mas faz parte – finalizou.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Apesar de todos os desafios, Edu deu a volta por cima e chegou a ser apelidado com seu ídolo: Adriano Imperador. O ‘Imperador do Vale’ ganhou a vice-artilharia do Brasil em 2017, por alguns momentos, e retornou ao clube onde teve a melhor fase da carreira. No Brusque, o atacante já marcou seis gols em sete jogos e tentará balançar as redes novamente contra o Guarani, neste domingo (04).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • ARTILHEIRO DA SÉRIE B É MOLE , DOR DE CUTUVELO ? OS ARTILHEIROS DO FLAMENGO SÃO DA SELEÇÃO BRASILEIRA. OBRIGADO EDU VASCAÍNO SERIE B TENTA VAGA NO VASCO KKKKKK SERIEEEEEEE B NÃO É SERIE A , A DIFICULDADE DO JOGADOR É ENTRAR NO CLUBE , DEPOIS QUE ENTRA TEM QUE JOGAR NUM NÍVEL DE CAMPEÃO BRASILEIRO REALMENTE O BROCADOR PEGOU SUA VAGA E MERECIDAMENTE

  • Nunca ouvi falar

  • SOU TORCEDOR DO FLAMENGO DESDE O GOL DO RONDINELLI EM 1978 , E NÃO ME LEMBRO DO EDU , MAIS DESEJO TODA SORTE DO MUNDO, DESDE QUE NÃO SEJA CONTRA O FLAMENGO

  • Parabéns ao Edu, pela artilharia, em 2021.
    Se o ex júnior do Mengão não sabe porque foi dispensado pelo Mengão, em 2013, vou lhe dar 4 motivos: HERNANE brocador, PAULINHO, MARCELO MORENO e ADRYAN.
    Hernane foi o maior artilheiro do Brasil, em 2013 e tornou -se xodó da torcida, pela campanha da Copa do Brasil. Marcou 3 vezes, nos 4 a zero sobre o Botafogo e fez o último gol do Mengão, no jogo de volta da final.
    Paulinho, até então, era um dos principais jogadores da equipe. Estava jogando o “fino”.
    Moreno e Adryan (um dos artilheiros do time campeão da Copinha e que chegou a ser comparado a Zico pelo jornal italiano “La Gazzetta dello Sport”), ainda que estivessem mal, nas oportunidades que tiveram, eram esperanças de gols.
    Sobre Edu, somente agora sabemos de sua passagem pelo clube. Provavelmente, não teve destaque nas equipes de base, caso contrário, teria tido as mesmas oportunidades que Paquetá e Vinícius Júnior tiveram.