Renato minimiza erro em saída de bola do Flamengo e revela ‘ordem’ aos jogadores

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

O Flamengo goleou o Defensa y Justicia por 4 a 1, na última quarta-feira (21), e carimbou passaporte rumo às quartas de final da Copa Libertadores. Apesar do grande triunfo, o gol sofrido pelo Rubro-Negro na partida foi tema para a entrevista coletiva do técnico Renato Gaúcho.

No único grande vacilo do Mais Querido durante os 90 minutos, os argentinos aproveitaram e fizeram o gol de empate. Diego Alves recebeu recuo de Diego Ribas e errou ao tentar um lançamento na saída de jogo. Desse modo, a bola bateu em Raúl Loaiza, jogador do Defensa, e entrou. Após o apito final, Renato explicou o lance, lamentou o erro, mas reforçou confiança nos atletas rubro-negros.

É importante ter saída de bola e eu dou essa liberdade para os jogadores. Eu sei que essa pergunta é feita porque a gente tomou o gol, mas uma equipe que tem a qualidade que o Flamengo tem não pode ficar dando chutão toda hora. Agora, a ordem é: deu para sair jogando, a gente sai jogando. Não deu para sair jogando, a gente quebra lá na frente. Não vai querer arriscar, fazer coisa diferente no momento que o adversário aperta -, disse antes de minimizar o ocorrido:

Hoje infelizmente tomamos gol, mas infelizmente foi falha nossa mais do que mérito do adversário. Acontece. A saída de bola do Flamengo é um ponto forte que a gente tem -, completou.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Garantido nas quartas de final da Copa Libertadores 2021, o Flamengo aguarda seu adversário, que sairá do confronto entre Internacional e Olímpia. No duelo de ida, empate sem gols no Paraguai. A partida de volta ocorre na noite desta quinta-feira (22), no Beira-Rio, em Porto Alegre.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *