Treinador mental explica mudança de comportamento do Flamengo com Renato Gaúcho

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

O Flamengo está há quatro jogos sem perder. Três deles sob o comando de Renato Gaúcho. Portaluppi chegou para substituir Rogério Ceni, que sofria desgaste interno e vinha de derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro. Fato é que,  com a mudança no comando técnico, o Mais Querido não parou de vencer e jogadores, antes contestados, passaram a decidir jogos. Lincoln Nunes, treinador mental de atletas de alto rendimento, explicou a mudança de comportamento.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Na verdade, as coisas não mudaram, o que acontece é que o Renato (Gaúcho) consegue ativar os jogadores de uma forma bem diferente e dentro dos conceitos do trabalho mental esportivo. A passagem vitoriosa dele pelo Grêmio mostrou que ele é uma pessoa diferenciada. Sabe comandar os atletas, buscar o melhor de cada um deles e incentivá-los sempre buscando a vitória. Foi assim que ele conseguiu muitos títulos e certamente fará a diferença nessa nova fase da carreira.

Inevitavelmente haverão as comparações com Jorge Jesus, mas é importante entender que cada um tem sua personalidade, e Renato tem tudo para mostrar suas qualidades neste trabalho —, finalizou.

O Flamengo anunciou Renato Gaúcho como treinador no dia 10 de julho. Após acompanhar de camarote a vitória sobre a Chapecoense, por 2 a 1, estreou à beira do gramado três dias depois, fora de casa, na vitória por 1 a 0 sobre o Defensa y Justicia, pela Libertadores. No Brasileirão, goleada sobre o Bahia, por 5 a 0. Na última quarta, no Mané Garrincha, nova vitória sobre a equipe Argentina, dessa vez por 4 a 1 e com grande atuação da equipe.

Agora Renato prepara o Flamengo para sua quarta partida, que será no próximo domingo (25), às 16 horas, no Maracanã, contra o São Paulo, pelo Brasileirão. Como de costume, você pode acompanhar ao jogo na transmissão mais Rubro-Negra da internet, no Coluna do Fla, via Youtube, com Rafael Penido no comando da narração.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Você é un coitado vascaino dai fora boca de burro

  • Agora serão dois bons testes para o Renato. O Flamengo não vence o São Paulo há três anos, e nunca venceu o Olímpia na Libertadores. Se passar bem por esses jogos, tiro o meu chapéu pra “maria faladeira gaúcha”. Até mudo o apelido dele.