Braz revela mudanças de condições para Thiago Mendes jogar no Fla e explica situação com o Lyon

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Na tarde desta segunda-feira (23), o meio-campista Andreas Pereira foi apresentado como novo reforço do Flamengo. Após o jogador conceder sua primeira entrevista coletiva, o vice-presidente de futebol do Mais Querido, Marcos Braz, permaneceu na sala de imprensa do CT Ninho do Urubu para responder questionamentos de jornalistas. Dentre os temas, o dirigente foi perguntado sobre a negociação do Rubro-Negro por Thiago Mendes, do Lyon, e explicou a situação.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


A gente tentou contratar o jogador. Foi uma situação complexa. Ele foi comprado por milhões de euros. E apareceram dois loucos querendo um empréstimo. Nós fomos pelo mesmo ritual: falar com o jogador. Falamos com a família, com o empresário e aí vamos fazendo os ajustes. A situação do Thiago foi semelhante a de outros jogadores, inclusive, a do Gabigol. Ele veio para cá sem nenhum real, depois entendemos que deveríamos fazer o investimento -, disse antes de completar:

Teve Filipe Luís, Rafinha, Thiago Maia, Gustavo Henrique… O Thiago Mendes fez de tudo para vir para o Flamengo. Nós conseguimos a movimentação do jogador que não imaginávamos: ele externou a vontade, disse que daria dois anos a mais de contrato pro Lyon, ganhando menos, para conseguir a liberação para vir pro Flamengo. Eu preciso agradecer o Thiago Mendes. E eu respeito a posição do Lyon. A gente entendeu a decisão e saímos de lá imediatamente.

Como citado por Braz, as tratativas com o Lyon por Thiago Mendes estão cada vez mais difíceis, e a tendência é que o volante permaneça no clube francês. Os contatos seguem frequentes com os dirigentes europeus e o empresário do jogador, mas o time está irredutível quanto a pedida de 2,6 milhões de euros (R$ 16,3 milhões) para o empréstimo, algo inviável para o Mengo neste momento.

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Com a chegada do Andreas, que é volante, não vejo espaço pro Thiago Mendes. Até porque se vier teremos três meio campistas emprestados com opção de compra daqui um ano. E nesse caso alguém ia rodar (hoje acredito que seria o Thiago Maia). Por outro lado, o clube pode já estar negociando saídas, e aí teria espaço no elenco pra essa galera toda. Mas acho que não é o caso.