Rafinha relembra final do Mundial e revela ‘o que faltou’ para surpreender o Liverpool

FOTO: GIUSEPPE CACACE

O ano de 2019, certamente, foi um dos mais vitoriosos da história do Flamengo. Com três títulos importantes, incluindo a tão sonhada Copa Libertadores, a equipe de Jorge Jesus encantou o futebol sul-americano. No entanto, uma conquista escapou das mãos desta vitoriosa geração: o Mundial Interclubes. Na ocasião, o Mais Querido perdeu para o Liverpool por 1 a 0, na prorrogação. Um dos pilares daquele time, Rafinha destrinchou o duelo contra os ingleses e lamentou a ‘falta de confiança’ do Mengo.

Em ‘papo reto’ ao canal Duda Garbi, Rafinha não titubeou e afirmou que a postura do Flamengo foi diferente dos outros confrontos. Para o lateral, apenas Bruno Henrique se destacou e o restante esteve muito bem marcado. Além disso, exaltou a postura tática do Liverpool, uma equipe recheada de ‘cobra criada’ e que precisava deste título após perder duas finais de Mundial. Assim, o jogador do Grêmio lastimou a derrota para os ‘Reds’.

O time deles era muito bom, mas nossa parte do meio-campo para frente, se tivesse sido mais insistente, a gente teria tido mais chances. Nossa comissão de frente respeitou muito eles. Os meninos foram muito bem marcados, e o Bruno Henrique foi o que se destacou um pouco mais – disse, antes de completar:

Não foram com aquela confiança de sempre. Se tivessem sido um pouco mais corajosos, tínhamos surpreendido mais. A final do Mundial só tinha ‘cobra criada’ e os caras estudaram a gente. O Liverpool já tinha perdido pro Flamengo e pro São Paulo, esse título era importante. E o Klopp quer levar tudo – finalizou o ex-jogador do Flamengo.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Depois da derrota final do Mundial, Rafinha ainda conquistou mais três títulos pelo Flamengo: o Carioca, a Recopa Sul-Americana e a Supercopa do Brasil. Contudo, utilizou de cláusula no contrato e partiu para o Olympiacos, da Grécia. O lateral até tentou um retorno ao Mais Querido em 2021, mas a diretoria rubro-negra não cedeu aos pedidos do jogador que, como mencionado, decidiu vestir a camisa do Grêmio.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Rafinha tem razão quanto a postura dos jogadortes de frente, porém, acredito que o problema foi JJ não ter orientado, durante a prorrogação, para que o time abaixasse as linhas e jogasse por uma bola no contra ataque, até que chegassem os pênaltis. Nos pênaltis teríamos chance de vencer eles!

  • O erro mesmo foi do Mister, nunca deveria ter tirando o Arraca e o ER7.
    E alguém mais de velocidade pelo lado direito, pois o lado esquerdo tinha o BH.
    O Vitinho talvez teria sido uma boa opção pelo lado direto.
    Agora colocar o Lincoln, foi de peidar na farinha, já que queria por um moleke, poderia ter colocado Reinier.