Renato Gaúcho define time titular do Flamengo para encarar Barcelona em treino nesta terça

FOTO: MARCELO CORTES / FLAMENGO

O Flamengo está 100% focado na segunda e decisiva partida da semifinal da Libertadores da América, contra o Barcelona de Guayaquil (EQU). Nesta terça-feira (28), Renato Gaúcho terá a última oportunidade de treinar a equipe para definir o time titular que entrará em campo contra os equatorianos, pela competição continental.

 

O treinamento está marcado para as 15h30 (horário do Equador), sendo 17h30 (horário de Brasília), no George Capwell, estádio do Emelec. Apenas Léo Pereira não participará da atividade, pois está suspenso devido à expulsão no primeiro jogo. O zagueiro ficou no Rio de Janeiro e sequer viajou com a delegação.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Filipe Luís e Arrascaeta estão recuperados de lesões, mas ainda não é certo a utilização destes jogadores como titulares. A definição sairá após a atividade desta terça-feira (28). A comissão técnica e o Departamento Médico avaliam minuciosamente a situação dos atletas. Eles estão sem ritmo de jogo, mas são vistos como fundamentais para a equipe. Dependendo de como estejam fisicamente, a tendência é que sejam utilizados desde o início do confronto.

Embora o treinamento desta terça (28) vá definir o time titular, Renato deve enfrentar o Barcelona com: Diego Alves; Maurício Isla, Rodrigo Caio, David Luiz e Filipe Luís; Willian Arão, Andreas Pereira e Arrascaeta; Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabriel Barbosa. O confronto terá início às 21h30 (horário de Brasília) de quarta-feira (29), no Estádio Monumental. A partida de ida da semifinal da Libertadores terminou 2 a 0 para o Mengão, no Maracanã.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Nada pessoal, mas Matheuzinho e Rodinei são melhores que o Isla. Rodinei está mais ou menos no mesmo nível do Matheuzinho, só com mais experiência. o Internacional onde teve sequência de jogos, tornou-se um dos jogadores mais importante do time, a ponto do Internacional pagar R$ 1 milhão para ele jogar contra o Flamengo.
    No jogo contra o América, Bruno Henrique, não estava bem, errando passe e dominando mal a bola. Renê algumas vezes ficava só contra dois atacantes. Renato preferiu tirar o Vitinho.