“Se for importante se endividar para conseguir outros objetivos, o Flamengo vai fazer”, admite dirigente

FOTO: DIVULGAÇÃO/VENÊ CASAGRANDE

O Flamengo passou por um processo rigoroso de reestruturação ao longo dos últimos anos – desde 2013. Por isso, o Rubro-Negro está saudável para fazer altos investimentos ao elenco, mas mantém os pés no chão por conta da pandemia da Covid-19. Vice-presidente de finanças do Fla, Rodrigo Tostes abriu o jogo sobre a atual situação financeira e falou se o Mais Querido fará novas aquisição de jogadores em 2022.

 

É importante frisar, contudo, que o dirigente descarta a hipótese de tomar medidas intempestivas, causando prejuízo financeiro ao clube carioca. Contudo, em entrevista ao canal Venê Casagrande, no Youtube, Rodrigo Tostes não descarta fazer endividamento temporário – como empréstimos – para poder suprir as necessidades desportivas do Flamengo. Entretanto, o dirigente, no momento, diz não ter como prever se terá condições de comprar atletas no próximo ano.


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


Impossível dizer. Temos que aguardar a performance de jogadores e ver o mercado, quais negociações que o futebol está fazendo para depois sentar e analisar. O Flamengo está saudável e tem crédito, se precisar levantar crédito também tem condições. Se for importante se endividar para conseguir outros objetivos, a gente vai fazer, desde que o orçamento suporte também. Hoje, a boa notícia é que se precisar investir, a gente tem como. Se vai fazer ou não, a discussão envolve muito mais gente na mesa -, disse o dirigente, que prosseguiu:

Hoje está cheio de gente querendo emprestar dinheiro para o Flamengo, mas a gente tem a responsabilidade de pagar as contas em dia, de não endividar o clube e mantê-lo saudável. Vamos fazer exatamente o que dá para fazer. No início da pandemia, precisamos fazer algumas ações entendendo que era temporário. Não fazia sentido vender atletas e sair perdendo poder esportivo para resolver problema temporário, mas não podia continuar no nível de investimento de antes. As coisas voltando como antes, vamos voltar com a capacidade de investimento -, concluiu.

O Flamengo está entre os clubes mais saudáveis do país no quesito finanças. Não à toa, o Rubro-Negro é um dos poucos que segue com as próprias pernas, sem aporte financeiro de mecenas. Por isso, o Fla se vê em condições de adquirir atletas no futuro, mesmo que seja necessário adquirir empréstimos com juros mais baixos.

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Tmnc, n quero voltar a época do Fla q tinha times meia boca, porq tinha q pagar as contas, prefiro ter a saúde financeira no verde, controlada, para q no futuro dispute títulos, como é o caso d AGR, o bandeira só ganhou a copa do Brasil, e mais ND, e só AGR q estamos colhendo os frutos desse resultado, esse dirigente tá maluco

  • Quando o Flamengo voltar para o vermelho, me lembrarei desses comentários…

  • Preciso fiscalizar mesmo, Gabriel. Até pra outros desavisados que vêm direto aos comentários falar abobrinha sem ter lido a matéria tenham a chance de voltar atrás e entender melhor do que se trata a notícia antes de comentar. Se você se doeu, é porque faz igual o rapaz do primeiro comentário, comenta sem lê. Não precisa me agradecer por eu ter feito você ter voltado na notícia e lido antes de vir comentar abobrinha sem saber, é um favor que você me faz me poupando de ler comentários ignorantes.

  • Gabriel, excelente comentário. Apesar do título ser dúbio, o conteúdo da matéria não deixa
    dúvidas, o flamengo está no azul, embora tenha perdido muito com os efeitos da pandemia,
    e se, eu disse SE precisar de dinheiro pra quitar alguma dívida vai recorrer a empréstimo
    dentro de um organograma concreto., se dando ao luxo de pagar juros baixos em face da
    sua credibilidade no mercado financeiro. Gabriel, tenho citado alguns colegas rubro negros
    como foi seu caso aqui, todavia, sempre que eu o faço é no sentido de ELOGIAR. As vezes
    discordo de alguma pessoa, mas, me reservo o direito de não criticar ninguém, mesmo
    porque, TODOS aqui tem direito de expressar sua opinião que é LIVRE.

  • O cara não opina sobre a matéria, opina sobre a opinião dos outros. Fiscal de internet, se acha acima do “brasileiro médio”. Como se pagasse a internet de quem vem comentar kkkkk

    Sobre matéria, endividamento consciente. Sabendo que as dívidas estão dentro do orçado, tudo caminhará tranquilo. Realmente, sem mecenas, o endividamento tem que ser planejado.

  • O importante é manter o equilíbrio econômico financeiro do clube sem exageros e extravagâncias.

  • Olha o título e o texto. Quem escreveu isso não é flamenguista e este site tbm não é, pra compactuar com um click bait desses. Absurdo demais esse título.

  • O cara nem leu a matéria e já veio comentar abobrinha, é muita ignorância por parte da torcida, infelizmente o brasileiro médio faz muito isso. Só lê o título da matéria e já forma a opinião achando que entende tudo de finanças.

  • NADA DISSO. A SAÚDE FINANCEIRA É MUITO IMPORTANTE PARA QUE O CLUBE CONTINUE TRILHANDO CAMINHOS CERTOS. ESSE SENHOR NÃO SABE O QUE FALA.