Vitinho adota confiança por tri da Libertadores e projeta final contra o Palmeiras: “Vai ser o espetáculo que todos esperam”

O Flamengo venceu o Barcelona de Guayaquil, pelo segundo jogo da semifinal da Libertadores – 4 a 0 no agregado -, e se classificou para a final da competição continental. O adversário da equipe de Renato Gaúcho será o Palmeiras, que despachou o Atlético-MG, e também garantiu vaga na decisão. Na chegada do Mengo ao Rio de Janeiro, o meia-atacante Vitinho falou sobre o confronto com o Alviverde.

“Vai ser o espetáculo que todos esperam”, iniciou o jogador, antes de prosseguir: “Vamos trabalhar para sair vitoriosos de lá”. Vale destacar que a decisão será disputada no Estádio Monumental, em Montevidéu, Uruguai, no dia 27 de novembro. Desta forma, as equipes terão quase dois meses de preparação para o duelo.

 


Quem será o próximo a perder para o Mengão? Saiba como lucrar com previsões esportivas!


 

Vitinho foi peça fundamental para a classificação do Mengo à sua terceira final de Libertadores. Isso porque, no primeiro duelo, no Maracanã, o atleta deu assistência para o segundo gol de Bruno Henrique, que garantiu o 2 a 0 no placar para o Mengão.

Antes de pensar na Libertadores, o Flamengo volta suas forças para o Brasileirão. O time carioca vai em busca do tricampeonato consecutivo e, no domingo (3), tem jogo importante contra o Athletico Paranaense, no Maracanã, às 16h (horário de Brasília). O Mengo quer reencontrar o caminho das vitórias na competição, depois de um empate e uma derrota.

ASSISTA AO DESEMBARQUE DO FLAMENGO 

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Espetáculo? É ruim hein!
    Esses porcos já mostraram na terça-feira contra o Patético que jogam igual a time pequeno.
    Vão ficar tudo amontoado com duas filas de 5 na frente da grande área, esperando uma chance de escapada em disparada pela lateral, esperançosos que em um escanteio conseguido por acaso lhes garanta a famosa “uma bola” pela qual rezarão pra conseguir, sem deixar a qualquer tempo que o jogo possa ser jogado sem faltas constantes. Vão ser um total de 30 minutos jogados e 60 minutos parados por faltas, podem anotar.
    O Renato precisa ficar esperto e priorizar nos treinos todo o tipo de jogada ensaiada a partir da cobrança de faltas.