Após lesão, Arrascaeta é cortado de Seleção Uruguaia e se manifesta em rede social

FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Na noite da última quinta-feira (07), a Seleção Uruguaia enfrentou a Colômbia, em jogo válido pela 11ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo. Maestro da Celeste, Arrascaeta iniciou o duelo entre os titulares e estava comandando a meiuca, mas sentiu dores e precisou ser substituído ainda no primeiro tempo. Após diagnóstico de lesão, o camisa 14 do Flamengo, que foi cortado da lista de convocados, se manifestou em rede social.

Após a confirmação da lesão no músculo anterior da coxa direita, Arrascaeta usou seu Instagram para se pronunciar. E com um breve “pronto (logo) estaremos de volta”, o camisa 14 do Flamengo passou uma espécie de alento aos torcedores e fãs.


Quer comprar produtos do Flamengo pela internet? Conheça a loja mais rápida e segura!


Arrascaeta foi convocado para disputar mais uma rodada tripla das Eliminatórias, mas como dito, foi cortado da lista devido à lesão. A preocupação agora fica com o Flamengo, que perde um de seus principais jogadores e liga o alerta para o restante da temporada. Isso porque, apesar de voltar antes do tempo previsto, o meia precisará de tratamento e ainda não tem previsão de retorno.

Com a lesão, Arrascaeta se junta a outros três jogadores entregues ao departamento médico: David Luiz, Diego Ribas e Gustavo Henrique. E os quatro são desfalques confirmados para o jogo deste sábado (09), contra o Fortaleza, pelo Brasileirão. A partida será disputada na Arena Castelão, às 19h (horário de Brasília).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Eu acho engraçado alguém vir aqui falar de “genocídio”…rs. Muitas vezes, nem sabe o que é isso. Querer atribuir ao governo do país a responsabilidade por mortes ocorridas no mundo inteiro por causa de um vírus chinês que ninguém sabia que estavam “estudando” ele por lá, e que depois, como que por encanto, se espalhou pelo mundo, e tratar esse governo como “genocida” é, no mínimo, uma falta de respeito com quem sofreu genocídio DE VERDADE, como os judeus e ciganos na Segunda Guerra Mundial, pra só citar esses dois. É bom colocar as coisas nos seus devidos lugares, e parar com as narrativazinhas de ocasião. Se querem chamar alguém de “genocida”, que chamem os adeptos do “fique em casa, a Economia a gente vê depois”, os adeptos dos funestos “lockdowns” que só serviram pra identificar os verdadeiros fascistas desse país, que bateram em mulheres na praia, soldaram portas de lojas e colocaram a polícia para prender quem criticava essas violências, e de muitos governantes que pegaram os bilhões de reais da ajuda federal para combate à pandemia, e em vez de salvarem vidas fizeram o dinheiro sumir num “passe de mágica” típico de político brasileiro. Ou seja, não salvaram vida nenhuma, pelo contrário. Basta ter um pequeno e insignificante neurônio com capacidade para raciocinar logicamente. Se o dinheiro era, dentre outras coisas, para comprar respiradores e estes não foram comprados, e se o foram não foram entregues, significa que alguém, em algum hospital, deixou de respirar! Fácil, não? Mas o “genocida” é o outro….kkkkkkk. Seria cômico, se não fosse trágico.

    Agora falando de futebol, que é o que interessa aqui, enquanto a CBF continuar a gerir o futebol brasileiro fazendo politicagem da pior espécie, tendo lá por dentro suas preferências clubisticas, e por querer dar a esses clubes preferidos títulos brasileiros prejudicando outros clubes dos quais é desafeta declarada (apesar de alguns antis mentecaptos acharem que ela beneficia (kkkk) o Flamengo), essa bagunça vai continuar. Mas, o que esperar de uma “confederação” que tem um ex-presidente preso por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, outros dois que não podem deixar o país sob risco de serem presos pela Interpol pelos mesmos motivos, e o presidente atual investigado e processado por assédio sexual?rsrs. Já houveram tentativas no passado de se desligarem da CBF, como o Clube dos 13 e a malfadada Primeira Liga, e sempre com o Flamengo na vanguarda, primeiro com Márcio Braga e depois com Eduardo Bandeira de Mello. Já passou da hora desses clubecos de bosta, politiqueiros como a CBF, descobrirem quem tem razão.

  • Um absurdo o jogador estar disponível para a seleção e o clube ter que arcar com o seu salário mensal e muitas vezes se responsabilizar com a sua recuperação de eventuais lesões. No contrato deveria inserir uma cláusula de salário “pro rara tempore” onde a seleção teria que arcar com o salário equivalente aos dias em que o atleta estivesse á sua disposição. Fica a sugestão para a diretoria do Mengão.

  • Eliane o que que a esquerda tem haver com isso? Essa diretoria sempre seguiu as orientações desse governo genocida. A esquerda nem fala o nome do Flamengo. E se vc ler a história do Flamengo, ele sempre foi um time de vanguarda. Seus atletas morreram no golpe de 1964. Essa diretoria é que não tem peito para protestar na FIFA, sabe porque? Porque tem medo de retaliação da COMEBOL e da própria torcida que as vezes reivindica decisões que afetam o próprio time.

  • Na realidade ou o flamengo entra com reclamação na Fifa, sobre a não paralisação do Brasileiro respeitando a data Fifa ou o Landim da uma coletiva ,dizendo que os próximos jogadores que o flamengo contratar terá que assinar um contrato, a onde ele abre mão de convocação da seleção, pois do jeito que está não dá mais

  • Isso,agora recupera ele pq a próxima data FIFA tai de novo ,a seleção uruguaia precisa dele inteiro!!!!!

  • Parabéns Eliane excelente comentário. Aqui virou moda falar mal do flamengo, agora a moda
    é arrasar com os preparadores físicos do clube pedindo suas saídas, criaram até #, mas,
    vamos ao que interessa. Em relação ao Arrascaeta o atleta tem 133 jogos pelo flamengo em
    quase 3 anos e seu histórico de lesões é o seguinte- lesão 13.09.21 a 29.09.21 – –
    lesão 04.11.19 a 13.11.19 lesão 04.10.19 a 23.10.19. Portanto, 3 lesões em 3 ANOS com jogos
    quarta e domingo, seleção uruguaia e etc. Agora acredite, bastou o cara se lesionar quando
    estava sob a guarda do Uruguai que a culpa é dos preparadores do flamengo, INCRÍVEL.

  • Sinceramente não entendo esses torcedores. Deveriam ficar revoltados com CBF, calendário, seleções e procurar pressionar para que o depto. de futebol do Flamengo melhore a preparação física, fisiologia e médicos no Flamengo, ao invés de ficar contra os jogadores.

  • O FLAMENGO PRECISA LIDERAR MAIS ESTE MOVIMENTO: remodelar a relação de responsabilidade com a CBF sobre contusão e salários de jogadores cedidos para seleções que se machucam!

    O Flamengo, nos últimos anos liderou diversas batalhas úteis a todo o futebol brasileiro, apesar da covardia e oportunismo dos outros times, que ficam esperando o resultado das ações do nosso rubro negro e dos jornalista que passam dias e dias criticando para depois fazer mea-culpa nas opiniões tolas que dão contrárias ao Flamengo. Quer relembrar:
    1 – se impor perante a CBF;
    2 – MP do mandante;
    3 – criação e submissão de um protocolo sanitário anti-pandêmico aos governantes, melhor até mesmo que o dos governantes para conter vírus na multidão;
    4 – enfrentar a mídia burra que só critica por viés politico ideológico de esquerda que quer a esquerda que afundou o Brasil de volta e rechaça a direita, não pq é ruim, mas pq ela e o centrão não são de esquerda (vide o BUTTERBALL do hellraiser);
    5 – volta da torcida aos estádios, mesmo enfrentando abaixo-assinados dos outros times que tinham até medida liminar “secreta” e não tinham coragem de usar por edo da opinião da imprensa tola, como fez o FLAMENGO.

    Agora mais essa lesão do ARRASCAETA. Prejuízo sempre para os clubes!

    CHEGA DE CBF!!!

    É HORA DE VIRAR O JOGO, MENGÃO!

    Vamos levantar a #NÃO A CBF

  • Ele tinha ke pegar o salário com federação uruguaia

  • Todo ano esse Départemento medico fica lotado acho q esta na hora de mudanças neste setor.

  • Esse ai e Tiago maia, joga dois jogos e passa um mês na uti

  • Em breve, uns dois meses.