Aproveitamento chama atenção, e Arão se destaca em desarmes na Copa do Brasil

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/ FLAMENGO

Imprescindível no esquema de Renato, atuando novamente como volante, Willian Arão tem alcançado feitos históricos nesta temporada. Os 87,5% de aproveitamento em desarmes na Copa do Brasil servem como exemplo disso. São, ao todo, 14 roubadas certas e duas erradas em cinco partidas disputadas até a decisão desta quarta-feira (27), contra o Athletico.

Conforme mencionado, Arão soma 14 desarmes corretos em cinco jogos disputados na Copa do Brasil. O número representa uma média de 2,80 por embate. Apesar dos bons números e de ser o destaque do quesito no Flamengo, o volante é o quinto colocado no ranking geral – mas lidera entre os semifinalistas. Os quatro primeiros são representantes de Fluminense, Juazeirense e Grêmio.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Arão é seguido por Éderson, do Fortaleza, com 13 desarmes em nove partidas. Com 12, Filipe Luís aparece na sequência, em terceiro lugar no ranking entre semifinalistas da Copa do Brasil. Contudo, o lateral rubro-negro esteve presente em apenas três compromissos do Flamengo na competição.

Vitinho fecha o top-3 atletas do Flamengo com mais desarmes na atual edição da Copa do Brasil. O atacante soma dez em sete compromissos com a equipe carioca. Os números, portanto, representam uma média de 1,43 por embate até o momento.

Flamengo e Athletico decidem o futuro na Copa do Brasil nesta quarta-feira (27), às 21h30 (horário de Brasília), no Maracanã. Com o agregado em 2 a 2, uma simples vitória pode garantir o Mais Querido na grande final da competição nacional.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *