Atlético-MG bate o Inter, e Flamengo precisa vencer para distância da liderança não aumentar

FOTO: DIVULGAÇÃO/ ATLÉTICO-MG

O Atlético-MG venceu o Internacional por 1 a 0, neste sábado (02), no Mineirão, em confronto válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Flamengo liga o alerta e passa a precisar de vitória sobre Athletico para não permitir que a diferença para o líder aumente e dificulte a briga pelo título.

Caso vença o Athletico, neste domingo (03), o Mais Querido chega aos 38 pontos e fica a 11 do Atlético-MG. Contudo, vale lembrar, que o Flamengo tem duas partidas a menos em relação ao líder, o que pode acabar encurtando a diferença para apenas cinco, além do confronto direto ainda a ser disputado entre as equipes, no Maracanã.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


O triunfo sobre o Athletico, inclusive, pode colocar o Flamengo na vice-liderança do Brasileirão, ainda neste fim de semana. Para isso, é necessário que o Palmeiras perca para o Juventude, no Allianz Parque. Caso a ‘zebra’ não se confirme em São Paulo, ao menos, o Mengo chegará a terceira posição, em caso de vitória.

O jogo contra o Athletico será realizado neste domingo (03), às 16h (horário de Brasília), no Maracanã. Para o duelo, o Coluna do Fla traz a transmissão mais rubro-negra da internet, via YouTube. Rafa Penido comanda a narração, acompanhado do comentarista Tulio Rodrigues e da repórter Letícia Marques.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • O resultado de hoje foi muito ruim para o Mengão porque o Internacional vinha se recuperando na competição e era uma das equipes com mais possibilidades de tirar pontos do Atlético mineiro no Mineirão. Aliás, vou ser sincero: mesmo sendo rubro- negro fanático, reconheço que o Galo é o grande favorito no momento para levantar o caneco no Brasileirão em função de alguns fatores. Em primeiro lugar, o Cuca não poupa nenhum jogador no Brasileirão, o que passa para seus atletas a sensação de que ser campeão brasileiro é fundamental para que a temporada do seu clube seja considerada boa. Segundo, o Renato é um treinador que só consegue motivar seus comandados para jogar as partidas de mata- mata, talvez porque ele adote a política de poupar jogadores nas competições de pontos corridos, o que passa a impressão para seus atletas que elas sejam menos importante.s. Terceiro, a CBF age deliberadamente para prejudicar o Mengão ao não adiar seus jogos na data FIFA, fazendo a equipe ficar desfalcada em jogos importantes. Aliás, a minha crítica ao Renato é justamente ele poupar jogadores titulares nem os colocando no banco para esses atletas serem “estourados” nos jogos das seleções depois. O clube paga seus salários, mas preserva os atletas de suas partidas para que eles cheguem descansados em suas respectivas seleções. Para as próximas temporadas, a diretoria rubro- negra tem que repensar se a estratégia de manter um técnico especialista em Copas é o melhor para quem tem o melhor elenco do continente. Que o Mengão vença a Libertadores e a Copa do Brasil para compensar a provável perda do tricampeonato brasileiro.