Carvalhal ‘copia’ Jorge Jesus e não descarta vinda ao Flamengo: “Todos os treinadores têm a mala à porta”

FOTO: DIVULGAÇÃO/ BRAGA

Na noite de sábado (30), o Flamengo enfrentou o Atlético-MG e venceu por 1 a 0, no Maracanã. O resultado foi importante para a equipe no caminho em busca do tri do Brasileirão e também para afastar a fase ruim. O clube vinha de quatro partidas sem vitórias e com Renato Gaúcho na ‘corda bamba’. Neste domingo (31), o técnico Carlos Carvalhal, um desejo antigo do Fla, se ‘derreteu’ pelo Mais Querido em entrevista ao Jornal Record, de Portugal.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Tinha um acordo praticamente firmado com o Flamengo, isso é público e a opção de assinar com o Braga não teve a ver com razões financeiras, era por ser o Braga e por estarmos a viver uma pandemia. O interesse de um clube que é um dos maiores do mundo, me deixa muito orgulhoso e é uma recompensa pelo nosso trabalho. A nossa ideia, enquanto equipe técnica, é deixar marcar no clube por onde passamos e isso foi feito no Sheffield Wednesday, no Rio Ave e no Braga já deixámos a nossa marca ao vencer a Taça de Portugal, disse antes de completar:

Mas há mais para fazer, de potenciar jovens, de conseguir vencer o maior número de jogos. Não sei o dia de amanhã e, parafraseando o Jorge Jesus, todos os treinadores têm a mala à porta -, finalizou Carlos Carvalhal, ao Jornal Record.

O comandante do Braga não fechou as portas para o Flamengo. No entanto, hoje comanda o Braga em quatro competições (Campeonato Português, Europa League, Taça de Portugal e da Liga) e segue com chances de conquistar mais títulos. Na Liga nacional ocupa a quinta posição, com 16 pontos. O próximo compromisso é diante do Portimonense, em casa.

No entanto, o Flamengo mantém Renato Gaúcho e mostrou confiança em seu trabalho. O clube não tem muito tempo para comemorar e volta a campo na terça-feira (02), diante do Athletico-PR. O jogo atrasado é válido pela quarta rodada do Brasileirão, na Arena da Baixada e acontecerá às 16h (horário de Brasília). Até então, o Mengão é vice-líder, com 49 pontos, enquanto o time paranaense está em 13º lugar, com 34.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • O Flamengo é grande demais pra correr atrás de técnico, os técnicos tem que querer vir para o Flamengo, JJ fez uma trajetória muito vitoriosa no Flamengo, mas quando resolveu virar as costas, simplesmente foi embora, então esqueçam o JJ, ele não tem amor pelo o
    Flamengo é só volta se der algo errado, não precisamos de técnicos assim, valorizem os profissionais que querem vir e estar no Flamengo. Existem alguns jogadores que também ficam falando que querem vir pro Flamengo, mas quando? Quando? estiverem em fim de carreira, o Flamengo não é asilo. Ou vem em grande forma pra jogar ou fica na Europa até o fim da carreira.