Em parceria com Centro de Formação do Zico, Flamengo dá início a projeto de valorização do futebol feminino

FOTO: PAULA REIS/ FLAMENGO

Visando a valorização do futebol feminino no Brasil, o Flamengo deu início a uma rede de apoios a projetos no Rio de Janeiro. Nesta semana, o Mais Querido oficializou a primeira parceria, com o Centro de Formação e Fomento ao Futebol Feminino Zico 10.

O projeto liderado pelo ‘Galinho’ em 2020, no Centro de Futebol Zico (CFZ), atende garotas de 12 a 20 anos de idade e participa de campeonatos federados em parcerias no Rio de Janeiro. A iniciativa busca formação das atletas no futebol e na área de estudos, incentivando carreiras além do esporte.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


O coordenador do projeto do Flamengo, André Rocha, esteve no CFZ, nesta terça-feira (26), e entregou um Manto Sagrado para a representante do Zico 10, Simone Lourenço. Em entrevista ao clube, o profissional do Rubro-Negro destrinchou a parceria e reforçou o objetivo de incentivar o desenvolvimento do futebol feminino no país.

– Temos o intuito de fomentar a modalidade e começar pelo Zico 10 é ótimo. O principal foco, inicialmente, está na qualificação do trabalho. Os professores terão encontros com os profissionais que trabalham no nosso dia a dia para conhecerem a metodologia aplicada e vão poder assistir aos treinos das equipes. Por outro lado, os membros da comissão técnica vão estar sempre observando a evolução das meninas do projeto. Esperamos estimular ainda mais a prática do futebol feminino pelas mulheres – declarou o coordenador.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *