Flamengo emplaca três representantes na lista final do prêmio de melhor jogador da Libertadores

FOTO: REPRODUÇÃO

Desde que se reestruturou e montou um elenco estrelado, o Flamengo está sempre emplacando representantes nos mais variados prêmios do futebol mundial. E no ‘Rei da América’ não é diferente. O ‘troféu’ já foi vencido por Bruno Henrique em 2019 e, nesta temporada, um atleta rubro-negro pode faturá-lo mais uma vez. Isso porque, nesta sexta-feira (29), a lista final foi divulgada com três jogadores do Mengão: Gabigol, o próprio camisa 27 e Arrascaeta.

O trio histórico de uma das gerações mais vitoriosas da história do Flamengo esteve na lista ‘com folga’. Enquanto Gabigol é o artilheiro isolado desta edição de Libertadores, com 10 gols em 11 jogos, Bruno Henrique tem seis tentos e quatro assistências. Já Arrascaeta, curiosamente, é o oposto complementar do camisa 27, visto que marcou quatro vezes e distribuiu seis passes para os companheiros. Dessa forma, os atletas do Rubro-Negro chegam fortes para competir pelo prêmio.

CONFIRA OS FINALISTAS DO PRÊMIO ‘REI DA AMÉRICA’:

Gabigol (Flamengo); Arrascaeta (Flamengo); Bruno Henrique (Flamengo); Rony (Palmeiras); Raphael Veiga (Palmeiras); Weverton (Palmeiras).

Vale destacar que, nesta edição do prêmio, todos os selecionados estão nos finalistas da Libertadores. Como mencionado, o Flamengo possui três representantes: Gabigol, Bruno Henrique e Arrascaeta. E o Palmeiras, adversário do Rubro-Negro na decisão, também cumpre a ‘cota’ de três atletas: Rony, Raphael Veiga e Weverton. O vencedor receberá um anel personalizado e repleto de pedras preciosas. A joia ainda não foi revelada.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


De acordo com a Conmebol, organizadora do prêmio, o vencedor será anunciado após a grande decisão da Libertadores, no dia 27 de novembro, em Montevideo. A votação será por meio do site ‘www.fanbridgestone.com’. Para deixar o voto, o torcedor precisa se cadastrar no endereço oficial da entidade. No ano passado, o melhor jogador do mata-mata continental foi Marinho, do Santos.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *