Flamengo sofre 41% dos gols da ‘Era Renato’ em jogadas aéreas

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Na última quarta-feira (20), o Flamengo foi a Curitiba e empatou com o Athletico-PR em 2 a 2, no duelo de ida das semifinais da Copa do Brasil. Apesar do resultado, a atuação do time esteve abaixo do esperado – visto que o clube possui um dos melhores elencos do continente – e Renato Gaúcho foi bastante criticado nas redes sociais. Com o treinador no comando, o Mengo sofreu cerca de 41% dos gols de bola aérea.


Camisas do Flamengo, acessórios e muito mais: compre e ganhe brindes na melhor loja online do Mengão!


Desde a chegada do técnico, o Rubro-Negro disputou 26 partidas e levou 17 gols. Destes, sete foram oriundos de bolas aéreas. Se contar os últimos seis tentos sofridos pelo time, cinco foram pelo alto, sendo três em cruzamentos, nos últimos três duelos, segundo números do SofaScore.

Além de ter que ficar alerta na defesa, a equipe de Renato, quando enfrenta adversários mais fechados, também está encontrando dificuldades no ataque. Uma das principais críticas da torcida é a falta de criatividade e jogo coletivo, já que o Fla fica dependente apenas das individualidades dos jogadores.

Sem tempo a perder, Renato terá poucos treinamentos para corrigir a equipe, já que neste sábado (23), o Mais Querido tem o clássico contra o Fluminense pela frente, pela 28ª rodada do Brasileirão. A bola rola às 19h (horário de Brasília), no Maracanã.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • E o Renato ainda não percebeu isso? Ainda continua escalando os responsáveis. Ou seria irresponsáveis? Tem coisas que nem treino consegue mudar. Os volantes tbm estão descompactados e permitindo que a bola seja alçada para a nossa área.