Ídolo! Diego Ribas recorda comemoração histórica contra o Ceará em 2018: “Foi inesquecível”

FOTO: DIVULGAÇÃO / FLAMENGO

Camisa 10, capitão e ídolo da Maior Torcida do Mundo. Diego Ribas chegou ao Flamengo em 2016 e recentemente completou cinco anos vestindo o Manto Sagrado. Além dos títulos e da qualidade em campo, o jogador sempre demonstra um carinho especial pelo clube. Na última segunda-feira (11), o craque postou nas redes sociais um vídeo de sua comemoração contra o Ceará, em 2018, e classificou como “inesquecível”.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Na ocasião, o meia finalizou de cabeça para o gol e atravessou todo o campo para comemorar com a Nação que estava presente do outro lado da Arena Castelão. Naquela partida, válida pelo Brasileirão e que ocorreu em 29 de abril de 2018, Diego anotou o último tento do duelo, aos 25 minutos do segundo tempo, e garantiu os 3 a 0 no placar. 

Veja a publicação:

Vale lembrar que o Fla vivia uma crise naquele período e o elenco rubro-negro sofreu com os protestos da torcida, que foi ao Aeroporto do Galeão cobrar antes do embarque a Fortaleza. E um dos alvos era justamente Diego. Entretanto, o camisa 10 fez questão de comemorar junto com a Nação e demonstrou o carinho e respeito pela torcida e clube.

Além de Diego, o autor dos outros dois gols foi Vinícius Júnior, cria da base do Mengo e que despontava nos profissionais à época. Treinado por Maurício Barbieri, o Mais Querido atuou com a seguinte escalação: Diego Alves; Rodinei, Réver, Juan e Renê; Cuéllar, Paquetá e Diego; Everton Ribeiro, Vinícius Júnior e Henrique Dourado.

Em meio a isso, Diego ainda é dúvida para o próximo compromisso do Flamengo pelo Brasileirão. Isso porque, o meia ainda se recupera de lesão na coxa e treina separado do elenco. De qualquer forma, o Rubro-Negro entra em campo nesta quarta-feira (13), pelo torneio nacional, diante do Juventude, às 19h (horário de Brasília). Você acompanha todas as emoções da partida com o Coluna do Fla, na transmissão mais pé quente da internet, via YouTube.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *