Joia da base, Matheus França marca golaço em vitória do Flamengo no Sub-20

FOTO: GILVAN DE SOUZA / FLAMENGO

O Flamengo contou novamente com o talento de Matheus França para vencer a Chapecoense, pelo Campeonato Brasileiro Sub-20. No último dia 05 de outubro, o jovem havia marcado quatro dos sete gols rubro-negros sobre o Palmeiras na goleada por 7 a 3, na ida da semifinal da Copa do Brasil Sub-17. Desta vez, porém, o camisa 10 foi responsável por uma pintura na Arena Condá, no triunfo por 3 a 1, que levou o Mais Querido à vice-liderança do torneio nacional das categorias de base, a um ponto do Atlético-MG.

Durante a semana, Matheus França desceu para reforçar o elenco sub-17 na importante decisão da semifinal da Copa do Brasil da categoria – contra o Palmeiras, conforme já mencionado. De volta ao sub-20, o camisa 10 passou como quis pelo marcador, entrou na área e marcou uma pintura de direita na vitória rubro-negra. Pedro Arthur e Thiaguinho também deixaram suas marcas contra a Chapecoense, na Arena Condá.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Matheus França tem chamado tanta atenção nas categorias de base do Flamengo, que o novo contrato, com vigencia até 2026, terá multa rescisória no valor de 100 milhões de euros – equivalente a R$ 632 milhões na cotação atual. Esta cláusula é a maior da história do clube carioca, superando até as de nomes como Vinícius Júnior, Lucas Paquetá e Reinier.

O próximo compromisso do Flamengo sub-20 é nesta terça-feira (12), contra o Athletico-PR, pela 19ª partida do Brasileirão da categoria. O duelo acontecerá às 15h15 (horário de Brasília), no Centro Alfredo Gottardi ou CT do Caju.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Menos….menos, a revelação tem que ser valorizada, principalmente pelos 7 gols da última partida, mas este não é um golaço, apenas um gol!
    A maior preocupação é deixá-lo, logo à disposição do Renato, ir dando oportunidades no decorrer de jogos, para adquirir experiência!
    E por fim, o cuidado para a atual diretoria não desperdiçar a joia, vendo-o por “ninharia” como se tornou prática, ultimamente…para trazer medalhões sem compromisso com o clube.
    A exemplo do que fez com o promissor zagueiro Nathan, e vários outros vendidos por menos de 4 milhões de euros!