Conmebol pune Globo, e emissora não terá acesso à final da Libertadores

Entidade sul-americana penaliza a emissora após transmissão ‘pirata’ de uma coletiva ao vivo do treinador do Palmeiras


Enquanto todos estão ansiosos pela final da Libertadores da América, entre Palmeiras x Flamengo, Conmebol e Rede Globo têm as relações estremecidas nos bastidores. Isso porque, a Confederação Sul-Americana puniu a emissora, que não terá acesso à decisão continental.

A punição é por causa de exibição ‘pirata‘ de uma coletiva de imprensa do técnico Abel Ferreira, nas semifinais da competição. Por regra, somente as emissoras que detêm os direitos de transmissão do torneio – Grupo Disney, SBT e a Conmebol TV – podem passar eventos ao vivo. Com isso, a Confederação não aprovou nenhuma credencial e proibiu a entrada de qualquer profissional da empresa de telecomunicação no Estádio Centenário. As informações foram publicadas pelo jornalista Gabriel Vaquer, do Notícias da TV.


Camisas do Flamengo, acessórios e muito mais: compre e ganhe brindes na melhor loja online do Mengão!


A penalidade, inclusive, também serviu para a final da Copa Sul-Americana, que aconteceu no último sábado (20), quando o Athletico-PR se sagrou campeão ao bater o Red Bull Bragantino por 1 a 0. Neste jogo, a Rede Globo não enviou nenhum profissional para cobrir o evento, pois tivera as credenciais negadas pela Conmebol.

Mesmo punida e proibida de ter acesso ao Centenário, a Rede Globo estuda formas alternativas de enviar produtores ou repórteres de sites à decisão continental, que terá início às 17h (horário de Brasília) deste sábado (27). A emissora está em busca de convites e ingressos de público geral. Alguns nomes da equipe, inclusive, já estão presentes no Uruguai e acompanham todo o trâmite.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Daqui a pouco vão falar que culpa do Bolsonaro kkkkkkk