Dirigente do Flamengo vê Ramon com características de jogadores europeus: “Muita potência e intensidade”

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Dono do famoso lema “Craque, o Flamengo faz em casa”, o Rubro-Negro vem revelando diversos atletas no futebol. Um dos grandes nomes da base é o lateral esquerdo Ramon. O jovem, inclusive, vem recebendo oportunidades entre os titulares, visto que Filipe Luís está lesionado. O jogador chegou ao Mais Querido e logo chamou atenção de Carlos Noval, gerente de transição da base para o time principal.

O lateral atuou no Nova Iguaçu até os 14 anos, logo em seguida, foi para o Flamengo, que comprou um percentual do atleta. Em entrevista à ESPN, Noval destacou as características de Ramon, que chamaram atenção do Rubro-Negro e, inclusive, comentou sobre a presença dos jovens entre os titulares.


Camisas do Flamengo, acessórios e muito mais: compre e ganhe brindes na melhor loja online do Mengão!


— Ele foi eleito o melhor da posição no Estadual e veio para cá em 2017. É um jogador que nos interessou logo de cara porque tem muita potência, velocidade e uma intensidade de jogo muito grande. Foi se desenvolvendo cada vez mais e hoje está no profissional com méritos. Ainda tem coisas para evoluir, mas é normal da idade e vai se aprimorar. É um jogador bem estilo europeu, com um vigor físico muito grande.

Nesta temporada, Ramon entrou em campo em 17 oportunidades pelo profissional: 10 vitórias, quatro empates e três derrotas. O lateral esquerdo acumula uma sequência de três jogos como titular e, inclusive, se prepara para aparecer entre os 11 principais novamente contra a Chapecoense. O Fla joga nesta segunda-feira (08), às 20h (horário de Brasília), na Arena Condá, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Bom dia a toda Nação! Grande oportunidade de vender o Renê, pois além de não ter mais espaço, não há ambiente com a nossa Nação. Peço que a Diretoria não cometa com Ramon o mesmo erro que cometeu com o Natan, deixando L.Pereira e Gustavo Henrique por lá, neste caso deixando o Renê. SRN!.