“Estamos perplexos com a arbitragem”: Dirigente do Flamengo se assusta com erros cometidos em empate

FOTO: REPRODUÇÃO

O Flamengo não conseguiu vencer o último colocado do Campeonato Brasileiro. A partida contra a Chapecoense, virtual rebaixada à Serie B de 2022, terminou 2 a 2. O árbitro Denis da Silva Ribeiro Serafim (CBF/AL) e os auxiliares Esdras Mariano de Lima Albuquerque (CBF/AL) e Brigida Cirilo Ferreira (CBF/AL) chamaram a atenção negativamente, por conta de erros cometidos durante o embate. Vice-Presidente de Futebol, Marcos Braz falou sobre o assunto.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


O elenco e o treinador Renato Gaúcho saíram de campo revoltados com o trio de arbitragem. Não foi diferente com os dirigentes do Flamengo. Marcos Braz lamentou o fato de Denis da Silva Ribeiro Serafim ter sido o escolhido para comandar a partida, por conta da falta de experiência. O vice-presidente de futebol lembrou da final da Libertadores, contra o Palmeiras, no dia 27, que terá um juiz de prestígio arbitrando.

Em relação à parte de arbitragem, a gente está perplexo em relação a algumas situação. Em relação à arbitragem da final da Libertadores, o árbitro que foi escolhido é pesado (no bom sentido), e a gente acredita que ele fará um bom trabalho, junto com o trio de arbitragem. A gente não tem qualquer desconforto em relação a isso. Quanto a parte do Campeonato Brasileiro, o Flamengo não vem bem, nós todos temos a consciência disso aí -, disse, antes de prosseguir:

Agora precisamos ajustar para a reta final e, dentro desse ajuste aí, tem a decisão. Você não pode agora desconectar uma situação da outra, até porque o Flamengo precisa colocar em campo o time que vai para a final da Libertadores para poder jogar. O que eu posso falar para a torcida é que a gente trabalha para sanar os problemas, a gente trabalha para resolvermos os pontos que entendemos que tem que ser resolvidos. Agora tem que ter calma, força para algumas situações -, concluiu.

O Flamengo agora não tem muito tempo para lamentar, pois já enfrenta o Bahia na quinta-feira (11). Este duelo é válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro e será disputado no Maracanã, às 19h (horário de BRasília). O Mengão é o terceiro colocado, com 54 pontos, enquanto o time baiano ocupa a 15ª posição, com 36.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Juiz de encomenda. Que a CBF não quer o Flamengo campeão, todos sabemos. O que não precisava era o próprio clube dar uma mãozinha. Planejamento equivocado. Diretoria omissa. Tecnicos incompetentes. Jogadores mercenários.

  • Poxa moderação! Liberem meu comentário ae!

  • Mais do mesmo… se Renato não consegue fazer esse time jogar, consegue, pelo menos, fazer essa diretoria, aderir aos seus discursos: blá, blá, blá… fora Landim, fora Brás e fora Renato.

  • Ta na hora da torcida do Flamengo, em massa nas redes sociais da CBF e pedir respeito, cobrar dos patrocinadores dela uma atitude. Que precisando os patrocinadores, eles vão pra cima cobrar da CBF.. Outra coisa a presidência do Flamengo ta muito parada, não diz nada, não se manifesta em relação a essas últimas situações da arbitragem, tem que se mover convocar a torcida para cobrar também a CBF, mas com respeito..

  • Quem tem o direito de estar perplexo são os torcedores! Já o dirigente tem que agir! Reclamar, gritar, bater na mesa e ir pra briga contra esses caras! E não ficar em Modo Banana igual esses dirigentes atuais estão fazendo!