Ex-Flamengo, Léo Moura visita Ninho e abre o jogo sobre relação de jogadores com Renato

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

O momento do Flamengo não é dos melhores dentro das quatro linhas e também nos bastidores. A eliminação na Copa do Brasil, não digerida por torcedores, fez com que o treinador Renato Gaúcho tentasse entregar o cargo à diretoria rubro-negra ainda no vestiário. Apesar disso, os dirigentes não aceitaram e mantiveram o técnico à frente do Fla. De acordo com Léo Moura, ex-jogador do clube, o comandante tem o respaldo e o carinho dos atletas.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


Eu fui há umas três semanas no Ninho (do Urubu). Estou esperando para começar o treino, fiquei conversando com o Diego (Alves), goleiro, e com o Filipe Luís. Eles falaram: ‘Léo, a alegria que esse cara trouxe para o time, a confiança dos jogadores que estavam sendo massacrados… Léo, esse cara é o cara. Tem a diferença para o Jorge Jesus, mas o que ele está fazendo é um p*** trabalho. Todos apaixonados por ele. (Adoram) Muito. Os caras respeitam. Ele falava, vou mostrar meu DVD, na brincadeira -, disse, antes de completar:

Foi um dos caras que trabalhei, além de ser um p*** gestor de grupo, que nunca vi, ele deixava o grupo todo feliz, isso é impossível. Os caras de fora queriam que os que estavam jogando arrebentasse. No treino, tem que treinar, eu conheço todos vocês. No estádio que você tem que me mostrar. Ele entende, jogou. Lógico, o auxiliar é muito bom, o Alexandre Mendes. Por mais que as pessoas acham que ele não ouve. Você fala para ele, ele não fala na hora, mas ele processa para fazer. Eu era um elo dele com os jogadores. Jogou, foi campeão, falar que não sabe nada, entregador de colete. Olha o currículo, fazendo o time jogar -, completou, em entrevista ao canal ‘Cara a Tapa’, do Rica Perrone.

Aposentado do futebol, Léo Moura teve uma longa passagem pelo Flamengo – entre 2005 a 2015. Vestindo o Manto Sagrado, o ex-jogador atuou em 506 oportunidades e marcou 47 gols. Além disso, foram 43888 minutos dentro de campo, 240 vitórias, 136 empates e 130 dedrrotas.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Este foi “O PRIMEIRO COMENTÁRIO EM FAVOR DO RENATO” desde que a sequência de
    empates e derrotas começaram, tenho algum tempo de flamengo e lembro do Leo Moura
    com a camisa rubro negra, pra quem ia no maracanã como eu, sabe que o Leo foi um dos
    melhores laterais direitos do mengão em todos os tempos, e não é só isso, ele era um atleta
    que honrava o manto, lembro bem que ele não queria sair do flamengo, só não sabia que era
    jogada do Vanderley, fica aqui o registro de quem assistiu um excelente jogador na lateral
    direita do mengão e isso numa época em que o flamengo não tinha um elenco como o de
    hoje e ainda por cima atrasava salários e o Leo ficou no clube por anos a fio, foi rubro negro.

  • Flamenguista de verdade não pode visitar o ninho, mas esse gremista pode. Vntc Leo moura