Oficial: Arrascaeta é cortado da Seleção Uruguaia para jogos das Eliminatórias

FOTO: DIVULGAÇÃO

O pedido do Flamengo foi atendido e Arrascaeta está fora dos convocados do Uruguai. Nesta sexta-feira (05), a Celeste divulgou a lista dos relacionados e confirmou a ausência do camisa 14 do Rubro-Negro. Em comunicado oficial, a Seleção afirmou que o atleta, que estava na pré-lista, foi cortado por razões médicas.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


O uruguaio está fora dos gramados desde o dia 07 de outubro, quando defendia a Seleção Uruguaia contra a Colômbia e deixou o gramado após dores na coxa. Logo em seguida, Arrascaeta foi diagnosticado com uma lesão e, consequentemente, retornou ao Flamengo para iniciar o tratamento.

No entanto, mesmo em recuperação e sem retornar aos gramados pelo Rubro-Negro, o camisa 14 apareceu na ‘pré-lista’ do técnico Oscar Tabárez. O Flamengo, por sua vez, monitorou de longe a situação e, inclusive, iniciou contato com a delegação do Uruguai para apresentar os exames e reforçar que Arrascaeta ainda não está liberado para entrar em campo. Como visto, o pedido foi atendido.

Desconvocado, Arrascaeta não precisará se apresentar à Seleção para as Eliminatórias e, sendo assim, permanece no Flamengo para iniciar a reta final do tratamento de recuperação. A tendência é de que o meia retorne aos gramados somente quando tiver 100% de condição física. A expectativa é ter o uruguaio à disposição contra o Palmeiras, dia 27, pela final da Libertadores.

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Esta foi a melhor noticia dos últimos tempos, agora é preparar Arrascaeta pra final no dia
    27, pra completar, recuperar totalmente Rodrigo Caio e David Luiz e pensar seriamente no
    caso de ER7 estiver mal, Michael entrar no jogo, aliás, algo que vem acontecendo algum
    tempo, se entrar no gramado em Montevideu Diego, Isla, Rodrigo C, David L, Felipe L,
    Arão, Andreas, ER7(Michael), Gabigol e Bruno H, podemos sonhar com algo inédito, o BI
    da libertadores em três anos, algo que jamais aconteceu na história do flamengo.