‘Projeto Tondela’ só deve avançar após Flamengo conseguir investidores 

FOTO: DIVULGAÇÃO

O Flamengo segue na busca de expandir cada vez mais sua marca, e a diretoria pretende fazer com que o Rubro-Negro seja referência também fora da América do Sul. Um dos desejos dos cartolas é a compra de um clube na Europa. O principal alvo é o Tondela, clube português que está na mira do Mengo para ser uma espécie de filial do Mais Querido no Velho Continente. Entretanto, o projeto só deve avançar após a chegada de investidores.

Segundo informações do jornal “O Globo”, o Rubro-Negro pretende criar uma empresa com o intuito de fazer uso da marca, assim, o direito sobre ela será repassado aos investidores. Entretanto, o processo só deve ser concretizado quando o clube encontrar esses “apoiadores financeiros”.


As melhores ofertas para produtos do Flamengo: aproveite desconto e brindes!


A intenção do Flamengo é ter um clube na Europa como forma de aumentar as receitas oriundas das vendas de jogadores. Com o aporte financeiro ficando a cargo dos investidores, o Clube da Gávea seria responsável por colocar sua marca, ceder atletas e profissionais no departamento de futebol.

Os responsáveis pelas tratativas, inclusive, já traçaram as metas esportivas para o Tondela, após a aquisição ser concretizada. Uma delas é chegar na Europa League em quatro anos e na Champions League nos próximos sete ou oito. Com esses resultados, o projeto teria mais visibilidade e consequentemente aumentaria os lucros do Fla.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Eu sei que 11 em cada 10 empresas do Brasil, como os clubes de futebol, sonham em expandir seus negócios fora do país porque é praticamente um consenso no mundo empresarial que nossa terra é dominada por gangues, espalhadas pelos Poderes brasileiros, como o Legislativo e Judiciário, que estão há décadas achacando o dinheiro público. Se o empreendedor não for amigo do rei, como aqueles irmãos de Goiás que receberam bilhões do BNDES a juros negativos há quase uma década, venderam quase tudo que tinham no país e transferiram seu patrimônio para os Estados Unidos, ele vai passar aperto porque a chance de seu negócio fracassar nesta Torre de Babel é imensa. Por outro lado, essa compra de um clube português pelo Mengão é um investimento muito arriscado. Existe a possibilidade do Mais Querido arrecadar em euro, se ele comprar o Tondela, mas ele pode se endividar em euro também, se tudo der errado, o que seria uma tragédia. O mais seguro é investir na construção de um estádio próprio para fugir das altas taxas do Maracanã.

  • Se conseguissem administrar o Flamengo com a seriedade, respeito e profissionalismo que o clube merece, já estava bom. Vamos encerrar 2021 pagando mico na Copa do Brasil, no Brasileirão e nesse ritmo na Libertadores. Uma vergonha pro tamanho do investimento que foi feito e esses cartolas querendo comprar clube na Europa. Nada contra, mas primeiro arruma a casa aqui, para depois pensar lá fora.