Renato fala sobre preparação para Libertadores: “Eu prometi que a equipe seria outra”

Treinador do Flamengo destrinchou a preparação da equipe para a decisão do torneio continental


Após uma sequência de resultados ruins e atuações questionáveis, o Flamengo fez bonito no Morumbi e atropelou o São Paulo por 4 a 0. A goleada mostrou evolução da equipe – que ainda conta com muitos desfalques, e deu confiança aos corações rubro-negros dias antes da Libertadores. Em entrevista, Renato destrinchou a preparação do time para a finalíssima e elogiou o elenco.


Camisas do Flamengo, acessórios e muito mais: compre e ganhe brindes na melhor loja online do Mengão!


Independente do adversário, do que vamos apresentar dentro de campo, o importante é seguir nossa programação. Isso que combinamos há alguns dias. Eu prometi que a equipe seria outra, principalmente até o dia 27, e os jogadores estão demonstrado isso no campo. O objetivo é dar ritmo para todo mundo, recuperar os jogadores no departamento médico, porque não sabemos até o dia 27, não sabemos com quem vamos poder contar. Alguém pode se machucar. É importante dar ritmo para todo mundo e ter o grupo 100% para a final -, disse.

A goleada sobre o São Paulo não mascarou a atuação do time, que realmente entrou em campo com uma postura diferente do que vinha sendo apresentado no Brasileirão. 13 dias antes da Libertadores, Renato tenta preparar o elenco para que todos estejam em condições de jogo para buscar o tricampeonato.

Apesar de estar de olho no Palmeiras, o Flamengo tem um novo compromisso pelo Brasileirão na próxima quarta-feira (17): o jogo contra o Corinthians. A partida, válida pela 33ª rodada, será disputada no Maracanã, às 21h30 (horário de Brasília).

VEJA OS GOLS DA VITÓRIA DO FLAMENGO:

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • RG deveria entender que pela fase, o Michael tem que ser titular absoluto, mesmo que tenha que sair o Bruno Henrique, para dar lugar ao Michael.
    Thiago Maia deveria ser titular no lugar do Arão.
    Independente do que acontecer com Rodrigo Caio, o serva imediato deveria ser Noga, Gustavo Henrique ou Bruno Viana.Não colocar Léo Pereira de jeito nenhum.
    Por favor RG, tire essa ideia de colocar Leo Pereira de titular, pois se nem Diego Alves aguenta ele em campo, imagina nós, torcedores?