Ex-jogador do Bordeaux revela detalhes do estilo de jogo de Paulo Sousa

Formado no Athletico-PR, Otávio esteve no elenco da equipe francesa em 2019 e foi comandado pelo português


Neste domingo (26), o Flamengo fechou a contratação de Paulo Sousa. O treinador português será a grande aposta do Mais Querido para 2022 e chega com muita expectativa por parte da torcida. Sem ter o total conhecimento sobre o comandante, a Nação vasculhou a internet por respostas, por fontes que pudessem dar uma ideia sobre o estilo de jogo do técnico. Uma delas é o volante Otávio, formado no Athletico-PR, que atuou no Bordeaux de Sousa em 2019. Para o brasileiro, a fase vivida na França foi uma das melhores e mais produtivas de sua carreira.

Em 2019, o Bordeaux não teve das melhores campanhas no Campeonato Francês, visto que terminou o torneio na 14ª posição. No entanto, em entrevista ao SporTV, Otávio deu detalhes importantes sobre o estilo de jogo de Paulo Sousa. As informações eram justamente o que a Nação queria ouvir: o treinador português tem o toque de bola como grande trunfo, faz marcação pressão e tem pontos táticos importantes.

Ele sempre buscou trabalhar ofensivamente. Perdeu a bola é pressionar rápido para recuperar, para jogar. Ele sempre fala que o momento em que a gente está mais forte defensivamente é quando estamos com a bola. Criávamos jogadas lá de trás, saíamos com a bola dominada e fazíamos o abafa nos primeiros cinco segundos da perda de posse, independente do setor. Muitas equipes, especialmente no Brasil, se recompõem rápido e fecham o bloco quando perdem a bola. No tempo que a gente passou trabalhando junto não era assim – disse, antes de completar:

No ano que ele passou aqui (2019), nós fomos uma das equipes que mais teve a posse de bola dentro do campeonato. O estilo de jogo, da maneira com que ele lida é muito bom, porque ele trata sempre com a comissão em conjunto. Cada um pega um setor e depois faz um conjunto, todo mundo se ajuda. Foi uma fase que eu evolui muito, sou muito grato ao Paulo, ele se tornou um amigo, tenho contato sempre. Falei até para ele que se ele vier ao Brasil e implementar seu método de trabalho, tenho certeza que ele vai ter sucesso – finalizou.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Antes de assumir o Flamengo, Paulo Sousa precisa se acertar com a Federação Polonesa. Isso porque, no momento, o português ainda tem contrato com a Seleção da Polônia e, com isso, a multa rescisória deve ser paga. No entanto, as tratativas já são consideradas ‘águas passadas’ por Mengo e staff do treinador que, inclusive, cogita pagá-la do próprio bolso.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Resumindo: ao CONTRÁRIO do que os comentaristas que M**** que pregam aqui que a diretoria é incompetente (inclusive eu, em algumas oportunidades), eles dessa fez fizeram a lição de casa e estudaram o perfil dos técnicos ideais, para assumir o Mengão! E esse jeitão de polêmico será bom, pois com certeza jogadores quizumbeiros como o Gabigol certamente não vão se criar com ele.

  • Paulo Sousa, se recordarem ele é que dá o passe do segundo gol do Borussia contra o Cruzeiro na final do Mundial de 1997, roubou a bola do Eriwelton na saída para o contra-ataque do cruzeiro

  • Paulo Sousa, se recordarem ele é que dá o passe do segundo gol do Borussia contra o Cruzeiro na final do Mundial de 1997, roubou a bola do Eriwelton na saída para o contra-ataque do cruzeiro