Na mira do Flamengo, Carvalhal criticou ‘personal trainers’ de atletas: “Inimigo dos treinadores”

Técnico português afirmou, em entrevista à BCC, que os preparadores físicos pessoais atrapalham o trabalho que é feito durante a semana de treinos


Após a derrota na final da Libertadores e a demissão de Renato Gaúcho, o Flamengo está sem treinador. Com o fim da temporada se aproximando, a diretoria do Mengo, agora, busca um novo comandante, que possa liderar um elenco com muitos jogadores qualificados. Um dos nomes ligados ao Clube da Gávea é Carlos Carvalhal. O técnico, inclusive, já chegou a criticar “personal trainers” dos jogadores, em entrevista à BBC, em 2018.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Os jogadores vivem num mundo só deles e isso prejudica-os. Têm personal trainers, eu acho isso inacreditável, não sabem o que estão fazendo. Os personal trainers são um grande inimigo dos treinadores — disse, antes de completar:

Passei por isso no Swansea com um jogador que sofreu uma lesão num joelho. Dois dias antes de um jogo ele estava em casa treinando com o personal trainer. Os jogadores acham que é encantador ter um personal trainer, mas não estão ligados ao técnico e ao que faz durante a semana — finalizou.

Além de Carvalhal, o Rubro-Negro tem outros nomes na lista de “desejos”. Jorge Jesus é o principal deles, e é o sonho da torcida para comandar a equipe. André Villas-Boas e Marcelo Gallardo também foram cogitados no Mais Querido. No entanto, a definição só ocorrerá após as eleições presidenciais do clube, que conhecerá o novo presidente para o próximo triênio neste sábado (04).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Eita, Gustavo!

  • John Smith, um dos que estão no departamento era, ele próprio, um dos personal traineres que prejudicavam o trabalho do clube. Resultado: foi promovido a preparador do grupo…

  • Comentário infeliz. Existem muitos profissionais muito qualificados, que avaliam o quadro dos jogadores e montam seus programas de treinamento em paralelo com os departamentos médicos dos clubes, assim como também existem oportunistas, aproveitadores e toda sorte de gente mal-intencionada, que só quer tirar proveito dos jogadores e da mídia em volta dele. Só para constar, duvido que estes profissionais consigam ser piores que os que estão disponíveis no DM do Flamengo!!!