Sem Jorge Jesus, Benfica é amassado pelo Porto e está eliminado da Taça de Portugal

A equipe do Mister ‘não viu a cor da bola’ no Estádio do Dragão e está eliminada do torneio


Nesta quinta-feira (23), Porto e Benfica se enfrentaram pela Taça de Portugal. O duelo interessava bastante à torcida do Flamengo, já que poderia significar uma possível demissão de Jorge Jesus dos Encarnados. O resultado, certamente, agradou bastante a Nação, visto que o Dragão amassou em seu estádio e venceu por 3 a 0. Com Braz e Spindel animados nos camarotes, o Mais Querido se aproxima do Mister com a eliminação do torneio.

O duelo em si foi um amasso do início ao fim. Tanto que, logo aos 30 segundos, o Porto já vencia por 1 a 0 com gol do ex-Fluminense Evanílson. Sete minutos depois, Vítor Ferreira ampliou para os mandantes após erro do goleiro do Benfica. O atacante brasileiro teve, ainda, a oportunidade de marcar o terceiro tento do Dragão e, após o tento, acabou expulso. Primeiro tempo dos sonhos para os donos da casa, e para o Flamengo também.

No segundo tempo, contudo, os gols não saíram. O que se viu dentro de campo foi um jogo muito pegado, em clima de clássico realmente. É importante frisar que nenhum dos dois treinadores estavam nos bancos de reservas, ambos suspensos. Com o resultado, o Porto garantiu a classificação para as quartas de final da Taça de Portugal e, de quebra, eliminou o rival Benfica. Agora, a grande concorrência do Dragão é o Sporting Lisboa.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


Agora, Jorge Jesus aguarda o segundo desafio contra o Porto, daqui a uma semana, para definir seu futuro no futebol. Vale destacar que o cotejo é válido pela Liga Portuguesa e, em caso de derrota, o Benfica se distancia ainda mais do título português. Logo após o confronto, o Mister dará um sinal para os dirigentes do Flamengo, que seguirão o plano conforme a resposta.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Vai levar outra surra quarta feira, e aí a demissão estará próxima. O trabalho do Jorge Jesus no Benfica é ruim, não convenceu ninguém em Portugal. Se classificou na Champions porque deu sorte de cair no grupo do pior time que o Barcelona tem em décadas. Quem assistiu os jogos do Benfica viu que o time é muito frágil, e isso porque gastou milhões de euros com o elenco. Levaram atacantes de seleção brasileira (Everton), uruguaia (Darwin Nunes), alemã (Valdshcimit, que já foi embora até). Contrataram o João Mário que foi dono do meio campo na campanha do título do Sporting. Fizeram uma zaga com jogadores renomados. E nem assim o time engrena. A verdade é que, pela torcida do Benfica, o Jorge Jesus seria técnico do Flamengo há muito tempo já.