Torcedores do Flamengo invadem Instagram de Villas-Boas

Treinador é bem visto pela torcida para assumir o Flamengo após a saída de Renato Gaúcho 


Depois de perder a Libertadores da América para o Palmeiras, no último sábado (27), o Flamengo vive clima de terra arrasada e, agora, tem um dilema pela frente: o novo treinador da equipe. Isso porque, nesta segunda-feira (29), Renato Gaúcho deixou o comando do Rubro-Negro, o que faz com que o clube tenha que se movimentar atrás de outro técnico. E pelo que depender de boa parte da torcida, André Villas-Boas é o favorito, visto que flamenguistas invadiram o perfil do português no Instagram.

Após o anúncio da saída de Renato Gaúcho do comando do Flamengo, muitos torcedores rubro-negros comemoraram, já que o clima para o badalado técnico não era dos melhores e a saída era vista como questão de técnico. Depois disso, flamenguistas “aproveitaram” a oportunidade para invadir o perfil de André Villas-Boas no Instagram, pedindo a vinda do torcedor português para o Mengão.


Camisas do Flamengo, acessórios e muito mais: compre e ganhe brindes na melhor loja online do Mengão!


CONFIRA OS COMENTÁRIOS 

 

André Villas-Boas tem 44 anos e atualmente está sem clube. O último trabalho do treinador foi no Olympique de Marselha, da França. Ele chegou ao clube em 2019 e deixou o cargo em fevereiro deste ano, depois de um problema com o time, que contratou um jogador que ele não havia pedido para o elenco. O português também tem passagens por Porto, Chelsea e Tottenham (Clique aqui e saiba mais sobre o treinador português). 

Antes de pensar em um novo nome para o comando técnico, no entanto, o Flamengo precisa terminar o Campeonato Brasileiro. Com Maurício Souza na direção da equipe, o Mengo encara o Ceará, às 20h (horário de Brasília), no Maracanã. O duelo é válido pela 36ª rodada da competição e marcará o reencontro do Fla com a torcida no Rio de Janeiro após a derrota para o Palmeiras.

 

 

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Quem escreveu esse texto tem 12 anos? Cheio de erros. Trocando treinador por torcedor, tempo por técnico… Fora os outros que não me prendi a ler…

  • Quem escreveu esse texto tem 12 anos? Cheio de erros. Trocando treinador por torcedor, tempo por técnico… Fora os outros que não me prendi a ler…

  • Tem que voltar o JJ

  • Quem prova que foi mesmo a torcida do Flamengo que invadiu o Instagram desse vilas ruim?

  • “a saída era vista como questão de técnico”
    “pedindo a vinda do torcedor português”
    A erva do cara é das boas hein?!

  • Mesmo estilo de jogo do Dome, esse elenco não se encaixa nesse estilo de ampliar o campo. Não entra nessa… Não precisamos de nome e sim de filosofia.

  • Vai fazer mais uma merda se contratar esse cara, não tem perfil nenhum de técnico, os números dele são horríveis, outro estudante, fora já antes de vir.

  • Concordo, a diretoria precisa “urgentemente” deixar de ser “amadora”, e deixar de ir na
    onda da torcida, foi essa mesma torcida que há 4/5 meses atrás invadiu o instagram do
    Renato Gaúcho e tome “vem Renato ser feliz no mengão”, “com Renato ganhamos mundial”
    “Renato, rei do Rio, rei da América”, quando Renato chegou “agora o mengão tem técnico”
    se a diretoria quiser obter sucesso, tem de estudar o perfil e trazer o técnico, de preferência
    alguém que saiba se impor e colocar em campo os melhores, e se tiver de barrar medalhão
    não pense duas vezes, os dois últimos técnicos, foram reféns dos medalhões e não foi bem

  • Estão forçando já… outro Domenec da vida não… só porque trabalhou com o Mourinho e em alguns clubes da Europa. O Flamengo precisa de um novo técnico, óbvio, mas ficam ventilando nomes que não tem trabalhos sólidos a frente de grandes clubes. Brasileirão e Libertadores não é Campeonato Português, Francês ou outro com apenas dois, três times disputando títulos. JJ foi uma aposta que deu certo. Mas vimos e sofremos com outras, que foram um tiro no pé. Não só nós, mas o Athlético Paranaense com outro português, o Internacional com o espanhol, o Vasco com outro português, São Paulo com Crespo… e por aí vai.