Ex-Flamengo, Domènec Torrent assume clube turco

Treinador foi o escolhido pela diretoria do Galatasaray para assumir o cargo no lugar de Fatih Terim, demitido no final de semana


Domènec Torrent está de volta ao mercado internacional. O treinador foi escolhido para assumir o comando técnico do Galatasaray, após a saída do lendário Fatih Terim. De acordo com informações iniciais do site AS, o clube turco aceitou as condições do ex-Flamengo e as partes chegaram a um acordo um dia depois da derrota para o Giresunspor.

Conforme mencionado, o lendário técnico do Galatasaray, Fatih Terim, não resistiu a sequência de resultados ruins e foi desligado do cargo. Nos últimos seis jogos, por exemplo, a equipe turca venceu apenas um, empatou dois e foi derrotado em outras três oportunidades. Cabe pontuar que uma das igualdades no placar resultou em um revés por 6 a 5 nas disputas de pênaltis.


Saiba como se dar bem duplamente com vitórias do Flamengo!


Assim, Domènec Torrent apareceu como primeira opção para assumir o comando técnico da equipe – que, atualmente, ocupa a 12ª colocação na tabela de classificação da Super Lig, com 27 pontos em 20 partidas. O catalão iniciou a carreira aos 27 anos e comandou clubes como: CF Palafrugell, Palamós CF, Girona FC e Flamengo. Além, é claro, de atuar como assistente de Guardiola nos 13 títulos do Barcelona, entre 2008-2012.

Dome, como era conhecido no Flamengo, comandou o Rubro-Negro em apenas 23 oportunidades – 13 vitórias, quatro empates e seis derrotas. Sua equipe marcou 38 gols, enquanto foi vazada 36 vezes. O técnico espanhol assumiu o clube na derrota por 1 a 0 para o Atlético-MG e se despediu no revés para o mesmo adversário, por 4 a 0, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro 2020.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Boa sorte, tem boas ideias, mas não estava pronto pra um Flamengo. Chama atenção os dois gigantes da Turquia passando por momentos de turbulência, demitindo técnicos e ocupando o meio da tabela. Futebol muda no mundo todo e como um certo guru diz, estabilidade não existe.

  • Flamengo pagou caro pelas passagens de Dome, Rogério Sono e Renato Praia.
    Foi uma desorganização tremenda no departamento de futebol o que custou vários títulos disputados.
    Mesmo aos trancos e barrancos, com lesionados e praticamente sem treinar, chegamos na final da Libertadores e perdemos por um erro absurdo e também uma bola do Michael que se entra, já era. No Brasileirão ainda batemos a pontuação de campeão de 2020.
    Esse time é tão bom que mesmo com essa bagunça ainda chegamos muito bem no final da temporada.
    Muita ansiedade pra 2022. Será que seremos bem treinados ? Mais organizados ?
    Tomara !!!!!