Diego Alves é cortado de jogo ‘na última hora’, e insatisfação interna cresce com Paulo Sousa

Compartilhe com os amigos

Novo episódio entre goleiro e técnico chama a atenção, e diretoria demonstra certa insatisfação com fatos


A derrota por 2 a 1 para o Fortaleza, nesse domingo (05), ainda dará muito o que falar no Flamengo. Isso porque, Paulo Sousa tem deixado diversas pessoas insatisfeitas, como o goleiro Diego Alves. O camisa 1, entretanto, começa a ter apoio de dirigentes rubro-negros.

O episódio envolvendo Diego Alves, em que Paulo Sousa explanou o goleiro e depois teve que se retratar publicamente, incomodou diversos dirigentes. Uma parte da diretoria tem demonstrado bastante insatisfação com as ações do técnico com o arqueiro. Mais um caso aconteceu entre o atleta e o comandante: Paulo Sousa tirou o jogador da partida entre Flamengo e Fortaleza, nesse domingo (05).



Diego Alves foi relacionado pelo técnico, chegou ao Maracanã com o elenco, participou do aquecimento com o restante do plantel, mas foi comunicado que não ficaria no banco de reservas quando já se preparava para vestir a camisa de jogo. Dos 24 atletas que foram levados para a partida, o goleiro foi o único que ficou de fora do confronto.

O jogador, obviamente, ficou insatisfeito, mas não falou nada, tomou banho e seguiu para o camarote do Maracanã quando a bola já estava rolando. As informações foram publicadas primeiramente pelo GE. Paulo Sousa, vale citar, justificou o fato de ter deixado o atleta de fora da partida, mesmo relacionando-o.

O ambiente da partida o Diego já conhece bem. Foi por um momento de transição, onde ele teve apenas três treinos com a equipe. Ele não nos oferecia condições para fazer sua performance e nos ajudar. Por isso, a nossa decisão de deixar o Matheus (Cunha) no banco e não o Diego —, explicou o treinador após a derrota para o Fortaleza.

Este episódio, no entanto, deve colocar mais gasolina na faísca interna do clube carioca. Afinal, dirigentes não estão insatisfeitos somente com os conflitos entre técnico e goleiro. Parte da diretoria também está descontente com a performance do Flamengo na temporada. Por isso, Rodolfo Landim, presidente do Fla, participará de reunião nesta segunda-feira (06) com o Departamento do Futebol, no intuito de analisar a situação de Paulo Sousa.

A partida do Flamengo contra o Red Bull Bragantino, na quarta-feira (08), será fundamental para a definição do futuro do técnico português no comando rubro-negro. A tendência é que, em caso de novo revés, a situação fique insustentável para o treinador. O confronto terá início às 20h30 (horário de Brasília), válido pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. O embate será disputado no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

Compartilhe com os amigos

Veja também

  • Poderia aproveitar o corte e mandar esse quizumbeiro do Diego Alves vazar.

Comentários não são permitidos.