“Futebol é resultado”, afirma dirigente do Flamengo sobre pressão da torcida

Cacau Cotta abriu o jogo após as críticas da Nação após resultados negativos no Brasileirão


O clima nos bastidores do Flamengo voltou a ferver após a derrota para o Fortaleza por 2 a 1, no último domingo (05), pelo Brasileirão. Um dos alvos das críticas da Nação é o treinador Paulo Sousa, que tem alcançado resultados negativos sob o comando técnico do Mais Querido. Em coletiva de imprensa, o diretor de relações externas do Clube da Gávea, Cacau Cotta, comentou sobre a pressão da torcida e destacou que sempre terá cobrança no Rubro-Negro.

— A cobrança vai haver. Futebol é resultado. O Flamengo é o maior clube do Brasil, talvez um dos maiores do mundo em torcida. Ganhou, você começa a buscar o céu. Perdeu, você está um pouco próximo ao inferno. Torcedor é passional e faz parte da torcida cobrar mesmo. A gente tem de entender o momento -, ponderou.


Aproveite a boa fase do Flamengo para lucrar!


No momento, o Rubro-Negro está na 11ª posição na tabela do Brasileirão, com 12 pontos conquistados em nove partidas realizadas. Com intuito de retomar o caminho das vitórias e espantar a crise nos bastidores, o Mais Querido busca alcançar um bom resultado nesta quarta-feira (08), contra o Red Bull Bragantino.

A partida é válida pela décima rodada do Campeonato Brasileiro, e será realizada a partir das 20h30 (horário de Brasília), no Estádio Nabi Abi Chedid. Como de costume, o Coluna do Fla traz a transmissão mais rubro-negra da internet, via YouTube.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • “Torcedor é passional” – Isso é eufemismo, né? KKK

  • Concordo em número, gênero e grau com ele.