Reclamou, mas fez igual: Braz comete mesmo ‘erro’ que criticou em 2018 e vira piada em rede social

Publicação feita pelo dirigente em 2018 voltou à tona após a derrota do Flamengo para o Atlético-MG


Neste domingo (19), o Flamengo foi derrotado por 2 a 0 pelo Atlético-MG, em jogo válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Mineirão. Após o embate, a delegação rubro-negra voltou para o Rio de Janeiro, mas, na terça (21), volta para Belo Horizonte, onde enfrentará novamente os donos da casa. A logística ‘atrapalhada’, que foi motivo de insatisfação para Marcos Braz, em 2018, quando a gestão era de Eduardo Bandeira de Mello, se repetiu e o dirigente virou alvo de piadas nas redes sociais.

Na ocasião, Braz, que não ocupava o cargo de vice-presidente de futebol do Mais Querido, usou o Twitter para criticar a gestão de Bandeira: “É verdade que o Flamengo jogou hoje em Minas Gerais, voltou para o Rio e terça voltará a viajar para lá, para jogar quarta… parabéns para quem fez a logística…”, dizia a postagem.

Com a logística ‘atrapalhada’ se repetindo neste fim de semana, o dirigente virou algo de piadas e críticas nas redes sociais. No Twitter, a publicação de Marcos Braz voltou a ser compartilhada com torcedores dizendo: “Peixe morre pela boca” ou também “A língua é o chicote do rabo”.


Ganhe dinheiro com vitórias do Flamengo!


CONFIRA REAÇÕES:

Vale lembrar que, no sábado (18), a delegação rubro-negra viajou para Belo Horizonte, onde enfrentou o Atlético-MG neste domingo (19). Logo depois do duelo, o elenco retornou para o Rio de Janeiro, local onde a reapresentação acontecerá nesta segunda-feira (20), no Ninho do Urubu.

No Centro de Treinamento, o Fla irá realizar mais duas atividades antes de seguir viagem novamente. Na terça (21), o plantel segue para Belo Horizonte, onde enfrentará o Atlético-MG na quarta (22), às 21h30 (horário de Brasília), para disputar o primeiro confronto das oitavas de final da Copa do Brasil.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • A política partidária tomou conta do Flamengo. Marcos Brás só pensa em ser deputado e Landin, lipar as botas do Bolsonaro. Só poderia dar nisto.

    Fora Landin !!!
    Fora Marcos Brás !!!
    Fora Bolsonaro !!!

  • Ninguém vai levar esse clube a sério com essa Diretoria. O presidente sempre de férias, viajando, parece que o clube está a mil maravilhas. Brás não tem moral nenhuma dentro do clube, só com o presidente. Ninguém respeita esse tal Vereador, nem jogadores, nem comissão técnica, nem outros membros da diretoria, que apenas não batem de frente porque o “tal” é bancado pelo Landim. Fica no mercado pechinchando, trazendo jogadores encalhados, com salários milionários, resultado tá aí, brigando prá não ser rebaixado esse ano.