“Flamengo é um patrimônio do Rio e temos que ajudar”, diz prefeito sobre estádio rubro-negro

Eduardo Paes falou sobre as negociações para a construção da arena esportiva do Mengo


O Flamengo segue determinado na construção de um estádio e, ao que parece, está cada vez mais próximo da realização do sonho. Em entrevista ao Lance!, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, falou sobre as conversas para a arena esportiva do Mengo e destacou a importância de um clube do tamanho do Rubro-Negro ter um espaço próprio.

O que for preciso para ajudar o Flamengo, nós faremos. É importante para o Flamengo ter um estádio. Eu conversei muito com o presidente Landim. É óbvio que o Maracanã tem uma dimensão pública, é o que digo. Ele é mais do que só de um clube. Sempre será do Vasco, do Fluminense, do Botafogo, da Seleção Brasileira. O Flamengo ter o Maracanã sempre terá esse risco de como aconteceu com Vasco e Sport. É um juiz ir lá, entender que há uma dimensão pública e dizer: “Vai jogar, sim.”. É muito difícil organizar uma temporada com a utilização de um estádio para um time do porte do Flamengo, sem ter seu estádio próprio -, disse, antes de continuar:

Então, é completamente compreensível. O Flamengo é um patrimônio do Rio de Janeiro. É um time com sua importância. Queria que o Vasco tivesse a importância do Flamengo, a quantidade de torcedores do Flamengo. O Vasco também tem muita importância para o Rio de Janeiro, mas o Flamengo é um patrimônio do Rio e temos que ajudar -, garantiu.

Após avaliar algumas possíveis áreas para a construção do estádio, o Flamengo definiu o terreno do Gasômetro, localizado na região central do Rio de Janeiro, como local mais adequado. O terreno foi ‘priorizado’ após o clube encontrar dificuldades com os projetos para o Parque Olímpico e antigo Terra Encantada.

Com o aval de Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro, e com o auxílio de Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, o Flamengo negocia com a Caixa Econômica Federal, responsável pelo terreno. O clube iniciou as conversas com a instituição para viabilizar a construção.

O projeto do estádio próprio do Flamengo será inspirado na Arena Internacional do Borussia Dortmund (ALE). Dessa forma, o Fla planeja uma construção com características mais verticais, ocupando um espaço de 86 mil m², e que consiga comportar o maior número de rubro-negros possível. A estimativa é que o local tenha capacidade para pelo menos 70 mil pessoas, mas o desejo é chegar aos 80 mil e superar o Maracanã.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Se construir um de fato, na pior das hipóteses não seja para mais do que 60mil torcedores, pois vai encarecer o estádio para comportar uma quantidade de pessoas improvável! Deixem para usar o Maracanâ em eventos grandiosos para isso, já que este comporta até 78mil lugadores.

  • Esse terreno está todo contaminado! Muito gás e óleo! Pro flamengo construir um ESTÁDIO terá q pagar pouco, facilitado, ou terá q ser como os terrenos de todos os ESTÁDIOS de clubes do RJ, e pelo Brasil a fora, ou seja: DE GRAÇA! Pois todos sabem, o ESTÁDIO gerará muitos dividendos, IMPOSTOS!, e também, diversos outros investimentos p o entorno do local, basta serem sérios e inteligentes p isso. Falaram até de construir um terminal de barcas perto… Mais um avanço, inclusive p os novos moradores. Qto a segurança, querer é poder, só não dá p quem não quer.