Flamengo analisa meia espanhol que atua nos Estados Unidos

Carles Gil, do New England Revolution, foi estudado pelo Flamengo


Com sete competições no calendário de 2023, o Flamengo planeja reforçar ainda mais o elenco vencedor de 2022. Enquanto algumas propostas já foram efetuadas, como nos casos do Gerson e do goleiro argentino Agustín Rossi, outros nomes estão apenas na fase de estudos. Um deles é do meia espanhol Carles Gil, do New England Revolution (EUA), de 30 anos.

Natural de Valência, na Espanha, Carles Gil é camisa 10 do New England Revolution, onde atua desde 2019. Pelo clube, fez 111 partidas, com 26 gols e 40 assistências. Antes da experiência no futebol dos Estados Unidos, o atleta passou pelo Deportivo La Coruña (ESP), Aston Villa (ING), Elche (ESP) e foi revelado na equipe que leva o nome da cidade de nascimento do meia.


Camisas do Flamengo, acessórios e muito mais: compre e ganhe brindes na melhor loja online do Mengão!


Apesar do nome do jogador estar no radar da diretoria, nenhuma proposta foi feita pelo atleta ainda. Carles Gil tem contrato com o time dos Estados Unidos até o fim de 2024. De acordo com o argentino Sergio Neveleff, representante do New England no Brasil, em conversa com o jornalista Fred Gomes, do GE, não houve nada oficial até o momento. O dirigente disse ainda que ficou honrado em ter o nome do jogador vinculado ao Flamengo e ao Cruzeiro, que também busca informações sobre o meia.

Carlos Gil é canhoto e tem 1.71 metro. O jogador atua na posição de Arrascaeta, com movimentação por todo campo. O uruguaio pode ser um problema para o Flamengo no início de 2023. Por conta das dores no púbis, não está descartada uma cirurgia no ídolo rubro-negro após a Copa do Mundo. Inclusive, pela seleção do país vizinho, o camisa 10 da Celeste foi banco e não entrou no empate sem gol com a Coreia do Sul. Agora, o jogador do Mengão espera por oportunidades contra Portugal, na segunda-feira (28), às 16h (horário de Brasília).

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Três anos pedindo um meia pra ser alternativa quando Arrascaeta e Everton Ribeiro não estiverem disponíveis e quando a diretoria vai atrás de um meia os caras reclamam. Torcedor é bicho nojento demais.

  • Precisando de goleiros, laterais e volantes e lá vai essa B**** de diretoria buscar meias e atacantes…