Dirigente não descarta possibilidade de Flamengo virar SAF: “Queremos estar preparados”

Flamengo promoverá palestra sobre a SAF, Sociedade Anônima do Futebol


Enquanto os rivais cariocas, como Botafogo e Vasco, entraram no regime de Sociedade Anônima do Futebol (SAF) para voltar a brigar por títulos, o Flamengo tem construído uma base sólida na gestão do clube e vendo, como resultado, a conquista de taças nos últimos anos. Entretanto, o Rubro-Negro deixa em aberto as opções para o futuro, e o presidente do Conselho de Administração do Fla, Luiz Eduardo Baptista, expôs qual o posicionamento do clube acerca do modelo de negócio.

— Em que pese a saúde dos nossos números, é importante que a gente consiga entender os movimentos do futebol e contextualizar como é que o Flamengo vai se situar nesse mundo em função dessas mudanças, que são inevitáveis, e que estão por ocorrer nos próximos anos -, revelou Bap, como é mais conhecido, antes de completar:

— Se no futuro tiver que ser por meio de SAF’s, o Flamengo quer estar absolutamente preparado para isso. Se o Flamengo tem uma predileção especial por SAF’s? […] Eu diria que o núcleo duro do Flamengo gosta de ser vencedor sem fazer loucuras e sem queimar dinheiro desnecessariamente. Investir na medida que isso se traduza em conquistas esportivas, que basicamente é o nosso lema: vencer, vencer, vencer -, declarou o dirigente, em entrevista ao GE.


Clique aqui e ganhe R$50 de bônus para jogar no galera.bet



Com uma sólida gestão financeira dentro do clube, o Flamengo tem feito a parte esportiva desenvolver-se e gerar frutos, como os títulos da Copa do Brasil e da Libertadores nesta temporada. A previsão de receitas ao final deste ano, inclusive, supera o R$ 1 bilhão, além de se manter entre os clubes que disputam taças a todo tempo. Contudo, o Fla não deixa de pensar no futuro.

Mesmo com estabilidade nos cofres rubro-negros, os dirigentes avaliam outras formas de negócio, entendendo que não há controle sobre o que pode acontecer nos próximos anos. Bap, inclusive, mencionou que o Flamengo segue atento às movimentações do mercado e aos comportamentos dos outros clubes, observando o que tem acontecido no futebol.

— Ainda que tenhamos uma situação econômico-financeira muito melhor do que a maior parte dos clubes brasileiros, especialmente na Série A, não sabemos o que vai acontecer nos próximos 10 anos. Continuamos em estado de alerta 24 por 7 e não vamos perder de vista o que está acontecendo no futebol. Não vamos simplesmente relaxar porque temos tido sucesso esportivo e econômico -, esclareceu o presidente do Conselho.

Observado a implementação de SAF em alguns clubes, o Flamengo, inclusive, marcou uma palestra sobre o novo modelo de empresas que tem se tornado popular no cenário nacional. O evento acontece na próxima quarta-feira (07), das 18h30 às 20h30 (horários de Brasília), na Gávea. O papo com tema “SAF´s no Brasil e no mundo e o que pode mudar no futebol nos próximos 5 anos” será ministrado por Marcos Motta, referência em direito desportivo dentro do futebol mundial.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *