Ex-auxiliar do Flamengo acerta com Grêmio, a pedido de Renato Gaúcho

Marcelo Salles participou das campanhas dos títulos brasileiros de 2009 e 2019 no Flamengo


O Grêmio anunciou nesta quarta-feira (07) a contratação de um velho conhecido do Flamengo. Trata-se do auxiliar Marcelo Salles, que fez parte das campanhas dos títulos brasileiros do Mengão em 2009 e 2019. O ‘Fera’, como era conhecido no Mais Querido, foi um pedido do técnico do Tricolor, Renato Gaúcho. Ambos trabalharam juntos no Rubro-Negro no ano passado.

Marcelo Salles começou a carreira no Flamengo, em 2000. No Mais Querido, foi assistente de Joel Santana, em 2005, e fez parte da comissão de Andrade, hexacampeã nacional, em 2009. Deixou o clube em 2010, retornando em 2019, a pedido de Abel Braga. Com a saída do experiente treinador, ‘Fera’ virou técnico por quatro jogos na campanha do hepta, no Campeonato Brasileiro de 2019, com três vitórias e um empate.


Clique aqui e ganhe R$50 de bônus para jogar no galera.bet


Com os cortes realizados pelo Flamengo em 2020, por conta da pandemia, ‘Fera’ foi novamente demitido. Mas o auxiliar foi recontratado após a demissão de Rogério Ceni e o acerto de Renato Gaúcho com o Fla, em 2021. Com a saída de Portaluppi em novembro do ano passado, Marcelo Salles novamente foi desligado do Rubro-Negro. Agora, a pedido do velho conhecido, atuará no Grêmio.

Marcelo Salles, de 44 anos, fará parte da comissão técnica de Renato Gaúcho. Ele vai dividir as funções de auxiliar no Grêmio acompanhado de Alexandre Mendes, ‘braço direito’ de Portaluppi nos últimos trabalhos do treinador pelos clubes onde passou. O ‘Fera’ não é o único ex-Flamengo anunciado nesta semana pelo Tricolor. O time de Porto Alegre contratou o meia Pepê, Cria do Ninho.

Enquanto o Grêmio vai montando a comissão técnica para 2023, o Flamengo tem apalavrado acordo com a nova equipe, que terá como treinador Vítor Pereira. O português ainda não definiu quantos nomes levará ao Ninho do Urubu, mas gira em torno de quatro e cinco. O Mengo não oficializou a contratação do comandante por conta dos contratos vigentes de Dorival com o Fla, e de Vítor com o Corinthians, ambos até 31 de dezembro.

Veja também

Participe da conversa

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *